Bambu da sorte e a família


Certa vez, ganhei um "bambu da sorte" de meu amigo Nello, ficou lindo dentro de meu vaso de cristal, eu o mantinha em água dentro de casa, até que um belo dia viajamos e ao retornar ele estava amarelado, eu com medo de perdê-lo, plantei em terra para que se recuperasse, tudo ia bem estava bonito, mas precisei trocar de jardineiro, um belo dia percebi que o bambu não estava mais no lugar. Procura aqui, mexe, remexe aqui e ali, encontrei-o em estado de sofrimento novamente. 
Não tive dúvidas, cortei ele em três, e coloquei novamente na água para ver se brotava, cada pedaço brotou de uma forma diferente, quando fui mostrar para minha filha tive a seguinte "explicação":
- Igual a uma família, são o mesmo "tronco" porém cada um possuiu suas especificidades!

Sou grata por ter amigos que me mimam, e sou grata por ter a minha volta pessoas que transformam os milagres da natureza em lições de vida! E você, tem gratidão de quê?

Muita Luz e Paz!
Abraços

P.S.: esta publicação participa da blogagem coletiva #52semanasdeGratidão do blog da Elaine Gaspareto, participe, leia e comente sobre gratidão, clique aqui e junte-se a nós

Os prazeres das facilidades da vida.....


Sexta-feira 22 horas, a pessoa (minha filha)
abre a geladeira para pensar.....
- Filha você está com fome?
- Não muita, queria algo levinho
- Quer uma salada?
- Você faz uma saladinha pra mim?
- Faço!

Foi assim que preparei, para minha filha, 
uma salada, com aquilo que tinha
na geladeira, folhas verdes,
 pimentões, cebola, tomate cereja
e temperei com
 azeite de oliva, sal e limão.
Enquanto comia, ela elogiou a salada e disse:
- O bom de casa da mãe é que tem sempre
 esse tipo de "comida pré-pronta".
Sim, eu compro, higienizo, corto e guardo em potes
 na geladeira sempre tem frutas, 
verduras, legumes para facilitar a minha vida
 e me permitir
ter momentos como esse
em que minha filha vem passar o final de semana
e posso lhe fazer um carinho em forma de comida....
Essa semana minha gratidão
é por esses momentos de 
"mãe de comercial de margarina"
De ter minha filha comigo
de dar e receber carinho
momentos em que amo existir.

Sou grata por minha família
Sou grata pelos pequenos prazeres

Eu sei e vou te contar que nem sempre soube valorizar 
o fato de deixar as coisas pré-prontas
Mas o fato de ter quem eu amo por perto, isso sempre
me deixa muito feliz.....

Muita Luz e Paz!

Esse post faz parte da blogagem coletiva da Elaine Gaspareto clica aqui,
dá um pulo lá e confere as amigas que participam
é muito bom ser grato...

essa tal gratidão....

No dia 23 de junho, viajamos ao Rio de Janeiro 
(contei sobre isso em 2 posts anteriores)
Comemorar o aniversário de meu companheiro de jornada
Aquele com que em um outro mês de junho, 27 anos atras
assinei um papel que oficializava nossa união. 


Viajamos na companhia do melhor de nós dois,
aquela que carrega meu gênio, 
uma inteligência superior a soma das nossas
e que tem no rosto todos os traços daquele 
que ela carinhosamente chama de "papy".


A viagem foi maravilhosa, 
fomos em alguns lugares lindos 
mas o que realmente importa é que ficamos
Três dias inteiros coladinhos. 
Assim éramos novamente a tríade que adoro. 
Eu, marido e a filhota.

Sou grata por ter vivido esses momentos
Sou grata por saber o valor que tem cada um desses momentos
Sou grata pelo amor por esses seres de luz que me acompanham

Sou grata pela saúde
Sou grata pela vida
Sou grata por saber que tudo é passageiro

Eu sei e vou te contar, essa é a minha bagagem de mão, para quando a vida me levar para a outra dimensão, chegarei lá repleta de boas recordações. E você? 

Me conta como você tem arrumado sua "bagagem de vida". Tem aproveitado para agradecer?

Esse post faz parte da blogagem coletiva da Elaine Gaspareto #52SemanasDeGratidão



Sobre marca pessoal nas fotos

Adelaide como podemos ter certeza de que você realmente viajou com a familia para o Rio de Janeiro?
Simples, basta olhar as fotos!
Mas você pode ter copiado de paginas famosas da internet?
Não no ângulo que eu tiro, nem com minha marca pessoal!
Marca pessoal? Fale mais sobre isso...
Vou fazer melhor, vou mostrar para você

Foto tirada pelo bofe cinquentão que eu tô pegando



de minha própria autoria, contendo minha digital no canto direito


A segunda foi pra confirmar que o dedo era meu mesmo


Sim eu ainda não sei como esse dedo consegue aparecer mais do que tudo


Eu sei que posso editar a foto e deixar o dedo fora da imagem


Se eu fizer isso não poderei confirmar que fui eu mesma quem tirou as fotos....


Aqui num momento mágico o dedo faz cobertura total 


O que me estimula a não deixar de fotografar é uma ou outra dessas que consigo sem dedo e com um olhar único, que apenas eu vejo e que me encanta.


E você tem uma marca registrada fotograficamente falando?
Vai não me deixe só, conta aí....rsrs
Muita Luz e Paz!
Abraços


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias