O segundo filho... meu irmão


Seis anos nos separam, ele desempenhou o papel de meu herói, pois brincava comigo, me ensinou a manipular um tchaco, a fazer guerra de bolinho de barro nos dias de chuva, atirar bolinha de sinamão com cetra (bodoque ou estilingue - para alguns), andar de carrinho de rolimã, a subir no telhado da casa da mãe para comer as bergamotas maiores e mais gostosa....rsrs(quebravamos muitas telhas - sem falar no risco.....). Brigávamos muito, mas sempre nos amamos de forma muito intensa.... quando ele serviu o exército foi muito difícil para mim, suportar a distância de segunda a sexta-feira (nos finais de semana ele estava em casa),... quando tudo parecia bem e ele retornou eu já ia a bailes e festas, aí começou a tortura, afinal ele sempre foi muito protetor e ciumento.... lembro dele dando um “corridão” num menino que estava me importunando.... até que um dia ele foi embora, tentar a vida em outra cidade....nos víamos apenas umas três vezes ao ano e eu sentia muita falta dele, perdi toda a minha proteção... Somos muito diferentes/iguais, ele tem um coração enorme e teimosia de igual ou maior tamanho, conheceu alguém, casou e teve uma filha (essas duas será outro post....rsrs) Formou seu próprio núcleo, e passou de irmão companheiro, para ser aquele que precisava ser responsável, um pai de família....tá eu sei que é assustador, ainda brigamos muito (só brigamos com quem amamos - se não amamos não tem briga, a pessoa que erre sozinha - já quando amamos não queremos ver o outro machucado)


Ele continua sendo o mesmo, que pensa muito nos outros, adora estar rodeado de pessoas, faz tudo para agradar, mas não pensa muito nele, em cuidar da saúde físico/emocional/espiritual, mas eu sei que tudo tem seu tempo, uma hora ele vai chegar lá, eu rezo e sempre peço a Deus que o ilumine e guarde com muito amor.

Para você saber o que sempre senti por esse ser tão complexo chamado irmão (e isso vale para minhas duas irmãs também)...segue uma música de Kleiton e Kledir (dupla gaúcha) que descreve bem.

Corpo E Alma
Quando eu era assim
Bem menor
Não tive a fim, sei lá
De pensar em nós

Agora eu sei e entendo melhor
Vidente eu li no céu
Vai por mim, somos corpo e alma
Meu irmão, meu par

Quando a solidão
Se enredar em ti
E o coração dançar
Conta comigo

Eu quero estar, viu
A teu lado
E haja o que houver
Junto a ti, feito corpo e alma
Meu irmão, meu par

Sei que a vida vai aprontar
E o que vier, azar
A dois é fácil segurar
Se Deus deixar, viu
Meu amigo
Vou sempre estar aqui
Junto a ti, feito corpo e alma
Meu irmão, meu par

Bem você deve estar se perguntando porque eu não coloquei o vídeo para você ouvir, vou explicar: a mim interessa a letra eu ao lê-la consigo ouvir a dupla cantando e gostaria que fosse primeiro lido cada palavra para contextualizá-las bem, depois você pode ir a outro site e se interessar realmente poderá ouvi-la. Eu sei que amo este irmão. Agora já contei para você de meu relacionamento com dois dos meus irmão, eu sou aquele ser que nasceu por terceiro famoso "sanduiche" e você verá aqui que cada relacionamento é diferente o amor é intenso e quem diz que é igual mente, amo cada um de maneira diferente pois eles tem suas particularidades e deve ser respeitada.
E você como anda o seu relacionamento dentro do seu núcleo? Não conversou com seus irmãos? Eles estão longe? manda e-mail, torpedo ou até uma carta, só não despreze essa oportunidade de aproveitar mais este laço que a vida lhe deu. Hoje ao acordar já tinha um torpedinho me desejando bom dia...era esse meu irmão maravilhoso. As meninas mandei e recebi torpedos ontem.... e na medida do possível existem ligações telefônicas, MSN, e as visitas eventuais, sempre recheadas de amor......Ah! você é filho único? amigos são irmão que a gente escolhe, vai lá estimule sua relação.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

3 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Néia (Dulci) publicou o comentário número:

Não me canso de dizer sempre que adoro textos que falam de família, convivência, amor. Afinal é a nossa base para tudo na vida. Lindo texto minha querida.
Um beijo.

Bruna publicou o comentário número:

Oi Tia!
Lindo o texto que descreve meu pai, amo muuuito ele e toda a nossa familia!
Beeeijo



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias