Jantar a luz de velas???


Gentem sobrevivi, sem dar piti...filhota, viajou com o Colégio e a chegada prevista para as 20:00h não foi possivel, liguei no celular caiu na caixa postal.... aí comecei a visitar minhas amigas blogueiras e dnem vi a hora passar quando toca meu celular..... mãe chegamos!! vem me buscar....já eram exatas 22:36h.......

Bem o Post de hoje é sobre  euzinha, que vos falo, e que sempre fui uma mulher moderna, daquelas que trabalha fora, e ainda encontra tempo para estudar e cuidar (digo tapear a casa) que  tem eletrodomésticos uteis e funcionais, nunca tive tempo para banalidades, adepta, do microondas, fogão com acendedor automático, TV, som, máquina de lavar.... E, um dia chego no meu apto, sem luz! 
Imagina você que essa cena aconteceu comigo no ano 2000 minha filha com 3 aninhos, morávamos em Curitiba em um condominio fechado de apartamentos e nenhum apartamento tinha luz...todo mundo trabalhava fora o dia inteiro...tínhamos acabado de chegar, (eu sai do trabalho, busquei minha filha na escolinha, peguei ônibus lotado, estava exausta...) e chegamos em casa estava tudo escuro, a primeira hora beleza, a segunda hora, desepero total... lembrei,  vela eu tenho (sou uma mulher prevenida).... fui peguei e..................e..... não tenho fogo!! Como vou acender...pensei no fogão a gás....mas com acendedor elétrico....buabua...... lá fui para uma tarefa um tanto desesperada...
Ficar parada na porta do meu apartamento, eu morava no térreo, filhota aos meus pés brincando com um ursinho de pelúcia, e eu abordando cada morador que entrava, com a seguinte pergunta:
- Você tem fogo??? (tá faltou a piteira, o cigarro e aquela pose sexy, que a gente vê em filme.....rsrs - eu tinha uma vela na mão ....) Mas seria comico se não fosse tragico.....
Estou relatando isso tudo para que você saiba que eu já fui alguém muito estressada, saia de casa as 6:30h da manhã e retornava as 19:00h.
Em 2007 minha vida mudou e eu comecei a acompanhar meu marido, até tentei trabalhar fora no primeiro ano que estava em cidade diferente, mas com criança que não tem amigos ainda, sem ninguem para ficar com ela...o melhor era ficar em casa, aí comecei a repensar meus eletrodomésticos, que agora acredito que devam ser funcional e bonitos....Arãã!! Amanhã vou precisar da ajuda de vocês... estou fazendo uma pesquisa ....

Bem  e como estou em casa, as vezes faço mudinhas das plantas que tenho, assim elas no início apenas um galinho, logo vão ganhando folhas e dando um pouco de graça ao ambiente em que estão, neste caso que vou mostrar elas estão na minha cozinha.
Repare no cantinho que agora além das mudas da "Arvore da felicidade" e da "Mirra", tem um monte de fósforos....rsrs. Nunca mais ficarei no escuro....uhu!!! 
Você já passou por isso também ou é mais precavida do que eu.... Ah! ja tentei ter lanterna...mas aí eu nunca sabia onde tinha guardado aquele trambolho ou quando achava a pilha não funcionava...rsrs.
 Nada como a boa e velha vela.... que no mesmo dia quando conseguimos  o tão esperado "fogo",f alei para minha filha que teriamos um jantar a luz de velas.... Arrumei a mesa e fiz uma salada, (que graças a Deus eu tinha lavado e guardado em potes dentro da geladeira no dia anterior) adicionei queijos, colocamos as velas no centro da mesa e jantamos... no outro dia descobri que teve um acidente que derrubou o transformador da rede eletrica, ficamos mais de 4 h sem luz.....mas no final nos divertimos.... e criamos uma vez por semana o dia do jantar a Luz de Velas, aí eu chegava com ela preparava o jantar, dava um banho na minha pequena e jantavamos no escuro....brincavamos um pouco em seguida ela estava dormindo....Aprendi a usar isso para me dar um descanço.............Afinal sem luz as brincadeiras eram mais gostosas e tranquilas, depois de um dia agitado era tudo o que eu mais queria. É o marido nesse período estudava, então só chegava as 23h, nós já estavamos dormindo....rsrs No outro dia era só reclamação do marido (de brincadeira...) que ninguem esperava por ele....rsrs  E que quando ele estava junto ninguém fazia jantar a luz de velas... rsrs
Eu sei que existem situações em nossas vidas que na hora parece muito tragico, mas basta você respirar e olhar por outro angulo que sempre dá para tirar proveito de uma forma divertida.....
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

6 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

eu, Lila Cassini publicou o comentário número:

Do limão se faz uma limonada.. certo? Olha menina ja aconteceu comigo em uma epoca muito dificil onde eu pagava aluguel, ganhava muito pouco e nao recebia a pensão do meu ex. Fiquei sem luz por falta de pagamento.Uff! Mas tudo tem um porque e pra que...Hoje lendo seu post ,revivi estes momentos e agora vc me inspirou a fazer algumas surpresinhas do tipo. Um grande beijo e obrigada, recordar é viver!

Palavras Vagabundas publicou o comentário número:

Adelaide,
adorei a idéia do jantar de velas! Eu pessoalmente sou péssima dona de casa, rs ... mas me vro bem! E não gosto de falta de luz, por que não posso ler.
js
Jussara

Fabiana Tardochi publicou o comentário número:

rsss orri de rir com a sua história, mas o mais legal é o hábito que se formou e os laços também . Sua filha vai lembrar desses dias para sempre e contará a história para as amigas e até para os filhos. Uma infância saudável faz um adulto feliz. Bjs

Paula... publicou o comentário número:

Como é gostoso, ter quem amamos tanto por perto...e fazer pequenos momentos se eternizarem. Taí uma linda dica a todas nós, jantar a luz de velas, iriamos saber um pouco mais do dia de nossos amores.

Bjsss querida.

Elaine Gaspareto publicou o comentário número:

Adelaide,
Vim retribuir sua visita.
Você disse que criou o blog intuitivamente, e eu digo que sua intuição é porreta, menina!
Agora é só ir mexendo e se apaixonando cada vez mais!
Beijos e bom resto de semana

Deusa publicou o comentário número:

Já passei por isso algumas vezes,digo,ficar no escuro....rsrsrrs.Outro dia isso aconteceu e ficamos na maior chuva la fora,com trovoadas,meu marido viajando...Xexeuzinha assustada voava pela casa(detalhe eram 21:00),Maitê gritou até eu chegar no quartinho dela,trovejou já coloco logo a velinha e o forforo e a lanterna do ladinho....morro de medo de trovão,mas levantei peguei minha pequena,busquei a Xexeuzinha,tranquei o quarto e ficamos lá as três,Xexeuzinha dentro do Guarda-roupas com a porta aberta em cima de um cobertor..rs..Maitê e eu embaixo das cobertas...detalhes..ela contou histórias da Barbie...eu?...desmaiei de olho aberto...claro...rsrsrs
Deusa
vasinhos coloridos



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias