brinquedo interessante

Imagine a cena:

Todos preparam-se para um Natal muito animado, esperam agradar e muito a única criança pequena da família (com 2 anos e 4 meses), uma verdadeira batalha de egos onde todos compraram os presentes para ver a reação maravilhosa que só a ingenuidade de um coração puro pode demonstrar.

Os egos: Vovó Maria, madrinha Meime (minha irmã) seu esposo “Ti”, minha filha (com 13 anos), o Dindo (meu marido), a mãe (minha irmã caçula), meu cunhado pai da criaturinha e a Dinda “Dê”(essa que aqui escreve).

Bem na noite do dia 24 após várias brincadeiras a família reunida, bebida e comida rolando solta, minha afilhada reclamou que estava cansada e pediu-me que a levasse para dormir no quarto da mamãe, como eu não estaria ali na manhã seguinte fiz sinal para minha irmã organizar a entrega de presentes, e enquanto eu brincava com minha afilhada, os presentes apareceram sob a árvore de Natal.
Eu a convidei para ver se Papai Noel já tinha chego, ela de imediato foi falando:

- Não quero, tenho medo!

Eu contei que na noite de Natal o Papai Noel não entra nas casas, ele apenas passa com seu trenó, por cima do telhado e coloca os presentes embaixo da árvore. Ela concordou em entrar na sala para conferir a árvore, imagine o sorriso mais lindo desse mundo com o brilho dos olhos que chegavam a ofuscar, qualquer holofote....

-Ele veio!

O tio perguntou:

-Será que ele veio?

- Veio sim “Ti”, eu vi.
Ela respondeu prontamente.. e se encaminhou para a árvore, deixamos ao encargo dela a escolha dos presentes a serem entregues. Ela pegava e mostrava para minha filha ler o nome e entregar ao destinatário..... o detalhe ficou por conta do fato de que os primeiros que ela pegou não eram para ela, e isso foi cansando a nossa pequena, então eu mostrei a ela um que tinha o nome dela ( e era o que eu tinha pedido para Papai Noel lhe dar)....

O meu presente era uma roupa da Hello Kitty,que ela desejava a  meses, e que não foi fácil achar, mas para não dar apenas roupa eu coloquei um brinquedo de fazer bolinha de sabão, bem simples junto – custo do brinquedo R$ 1,00, detalhe “Todos” os outros presentes que ela ganhou não chamaram tanto a atenção quanto aquele, ela abria os outros pela insistência dos adultos e corria pegar o brinquedo já avisando:

- Agora vou fazer bolinhas.

Depois da troca de presentes brincamos muito mais tempo somente com aquele brinquedo, as vezes ela fazia as bolinhas, outras um adulto fazia enquanto ela tentava pegar as bolinhas.... e ria feliz, pulava, gargalhava.
imagem tirei daqui

Eu sei.... depois eu pedi desculpa a todos os presentes por o meu presente barato ser o mais legal....rsrs. Só estou contando a vocês, pois sei que por vezes ficamos encabulados por dar presentes a crianças da família ou de amigos presentes simples mas que são divertidos, e optamos pelos presentes de alta tecnologia que nem são interessantes, principalmente para crianças menores. O que vale nessa fase é a diversão, a interação. O presente caro a gente normalmente dá para que os pais da criança vejam o $quanto$ nós gostamos deles...
Lá em casa todo mundo entende que o importante é a felicidade agregada, não o valor financeiro. Eu sou uma entusiasta dos brinquedos simples, como corda, pião, bolinha de sabão, cetra(estilingue), carrinho de madeira,bola, skate e bicicleta. Eu até diria que nada contra os eletrônicos, mas na real eu tenho tudo contra, afinal carrinho de controle remoto só gasta pilha, não gasta a energia da criança, depois não adianta ficar achando que eles não tem disposição que estão obesos ou hiperativos, precisamos estimular a brincadeira que envolva a criança inteiramente.
Tenha uma ótima semana!
Abraços

Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

0 pessoas me fizeram feliz, falta só você:



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias