O que estou fazendo no momento...

Tinha uma sobra de fio..... e que sobra, eram umas duas bolas enormes, por isso no momento estou tricotando como você pode conferir na foto.
Como estou fazendo uma manta, ela terá que ser bem grande e o fio é beeem grosso, fica muito pesado, então aproveito para tricotar assistindo ao noticiário noturno, estou fazendo da seguinte forma, sento-me com as pernas retas no sofá e estendo-a sobre elas, assim não sinto tanto o peso nas agulhas.

Tá vendo meus tênis ali...rsrs. É, eu  aproveito para descançar as pernas e tricotar um pouquinho, afinal após um dia de trabalhos, saio para minha caminhada e volto leve...(mais bem cansada, fisicamente). Assim que terminar eu posto a foto pronta e a receita para quem quizer fazer uma igual.

Ah!!! ontem passei no blog saborear e copiei uma receitinha de arroz de forno fácil  que eu fiz e aprovei, veja a foto do meu

Se você quizer a receita na integra, clica aqui a Taís tem receitas otimas. O blog  saborear agora faz parte das minhas receitas testadas e aprovadas. Tá eu tenho que pedir desculpas a Taís pois precisei fazer algumas alterações minimas mais usei como base todos os ingredientes da receita dela. A mais coloquei três alhos com casca e tudo no meio, para agregar um pouquinho de sabor a mais.
Abraços

VAMOS CONVERSAR!!! ou Vamos conversar? ou Vamos conversar.

Sempre soube que em um namoro, quando a mulher fala "vamos conversar" o cara já fica sabendo que vai levar um fora... mas e o que dizer do relacionamento familiar?? mais especificamente mãe e filha?? espera, eu explico.... Ontem após o almoço perguntei a minha filha se ela tinha tarefas da escola, como a resposta foi negativa, falei:
- Vamos conversar...
- Hummrum... passou alguns minutos, ela foi escovar os dentes e voltou meio estranha... parou ao meu lado e perguntou:
- O que que eu fiz de errado? foi a nota baixa na prova de ciências? eu já te expliquei que vou recuperar, apenas não tinha entendido a matéria, mais agora já entendi. Estou dominando o assunto.
- Não é isso filha, eu apenas quero conversar com você...disse docemente
- Mais eu tenho feito as minhas tarefas de casa, só deixo de fazê-las quando tenho alguma atividade do colégio e você sempre falou que o estudo é mais importante. E além disso eu sempre te aviso antes.... - falou toda preocupada
- Filha apenas quero um momento de troca de conhecimento com você é possivel? (eu já estava começando a me preocupar, pois quem justifica muito é por que pisou na bola - sempre acreditei nisso).
- Mais mãe, se eu não fiz nada de errado, porque você não foi falando, como você sempre faz. Veio logo falando que a gente "precisa" conversar. (é ela ainda tinha dúvidas)
- Meu amor, nestes últimos dias você sempre tem um trabalho da escola, tarefa, ensaio.... ou está lendo um livro e eu não quero interromper.... ou se chego para conversar, você está assistindo ao seu programa favorito..... apenas preciso de um tempo para nós.... Mãe e filha!
- Ahhh! mãe você é amiga, pode chegar e ir falando não precisamos combinar..... Mas, fala sério!! Todas as vezes que a gente marcou pra conversar era porque você tinha que brigar comigo, por eu ter feito algo errado......
Eu ri.............
Afinal como na educação dela nunca bati, nós sempre conversávamos. Sentávamos na sala de forma a ficar uma na frente da outra e debatiamos o que era correto e o que era errado quanto ao ocorrido...... Nunca quiz estigmatizar a frase: Vamos conversar....

Bolo de fubá - receita fácil

Como você pode ver pela foto, esse bolo é o mais fácil e rápido para fazer aqui em casa, é a vedete dos dias corridos, quase não consegui tirar a foto...rsrsrs.


Em uma panela coloque:
2 xícaras de fubá
2 xícara de açucar (eu coloco só 1 fica menos doce)
2 xícaras de leite
1/3 de azeite
Leve ao fogo até começar a levantar fervura, será o tempo de fervura que dirá se vai ficar mais sequinho ou mais úmido, quanto mais ficar no fogo, mais úmido será o bolo. Retire do fogo e deixe esfriar. (eu faço isso enquanto estou preparando o almoço)
Bata 4 claras em neve, adicione as gemas, 1 colher (sopa) de fermento e misture a primeira massa. Coloque em forma untada e leve para assar em forno pré-aquecido por 40 minutos. (essa parte faço logo após o almoço, e antes de concluir a organização da cozinha eis o bolo pronto)
Dica:
Se você quizer acrescentar mais sabor adicione um pacote de coco ralado, sementes de erva doce ou goiabada. Fica muuuuuito bom. (Já testes os três, separados e o coco e a erva doce juntos)

Grande abraço e ótima terça-feira.

Mãe de uma adolescente...

Eu sei que não sou a única neste universo, também sei que minha mãe me alertou quando eu era adolescente (mamãe dizia: "Você vai ver... um dia terá uma filha que será apenas metade do que você é para mim."). 
Sabe minha filha não é nem a metade do que eu fui, e hoje vejo que é muito difícil essa fase, tento não esquecer que já tive meus momentos, o problema reside no fato de "deixar" que ela viva, sem que eu esteja dizendo "como".
Você deve estar pensando que naquele tempo não tinha tanta violência - mais também não tinha lei que proibia de sair, ou comprar bebida alcoolica, nem de trabalhar.... Por isso com 11 anos eu já trabalhava, dos 08 aos 16 comprava bebida para o meu pai, organizavamos festas e trabalhavamos (eu e minhas amigas) em portaria de bailes (objetivo: arrecadar dinheiro para as fantasias de nosso bloco de carnaval formado de umas 20 meninas, e agitavamos nos bailes noturnos da cidade), tinha amigos com os quais saía muito sempre, todos + ou - da mesma idade, andavamos de carro sem carteira e sem cinto de segurança. Iamos a festivais em cidades vizinhas. Como algumas amigas as mães só deixavam sair para ir em festas de aniversários, então quando queriamos fazer uma festinha,  a gente decidia quem faria aniversário (cada uma do grupo fez 14, 15 e 16 anos umas três vezes) minha mãe sempre sabia o que eu fazia e com quem ficava (sempre lhe contei), meu pai fazia de conta que não sabia... Nunca namorei - apenas ficava, afinal eu não podia perder tempo saindo com um menino com tantos disponíveis...rsrs. (É nem eu sei como que me casei, pois nem meu marido eu namorei - só que isso é outra história) Não sou hipócrita, sempre alertei minha filha para tudo, sei que apartir de agora ela terá que tomar algumas dicisões (como no caso de bebida ou drogas - afinal não estamos 24h juntos) só poderei previni-la e se algo acontecer remediar depois. Hoje nós pais e mães, temos a muleta da lei que está ao nosso lado, ao negarmos ao filho algo - como o pedido para dirigir - basta dizer: "A lei só permite após os 18 anos, antes vc irá apenas no lado do carona." É como se não fossemos responsáveis pela negativa. Tá eu não ajo assim. Eu conto como era comigo e o que eu acho que seria bom ela seguir e que lei existe para segurança de todos na sociedade, e também deixo claro a minha insegurança.... mais é tão dificil...
. Meu primeiro beijo dei aos 13 anos
. Meu primeiro sapato de salto 13 anos
. Minha primeira viagem com amigos 13 anos
. Minha primeira festa com direito a música e beijar na boca  13 anos
E, agora eu te pergunto: - minha filha tem 13 anos e me conta sua trajetória, assim como eu fazia com minha mãe. Mas tem coisas que parecem nos deixar de mãos atadas......  Eu sei que mais do que ser mãe e amiga, eu a quero na minha vida por muitos e muitos anos, e você como está trilhando a sua trajetória?
Afinal já dizia Elis Regina - Ainda somos os mesmos/E vivemos/Como os nossos pais...



Como Nossos Pais
Elis Regina  / Composição: Belchior

Não quero lhe falar,
Meu grande amor,
Das coisas que aprendi
Nos discos...

Quero lhe contar como eu vivi
E tudo o que aconteceu comigo
Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor

É uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto
É menor do que a vida
De qualquer pessoa...


Por isso cuidado meu bem
Há perigo na esquina
Eles venceram e o sinal
Está fechado prá nós

Que somos jovens...
Para abraçar seu irmão
E beijar sua menina na rua
É que se fez o seu braço,

O seu lábio e a sua voz...
Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada

Como uma nova invenção
Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro de nova estação

Eu sei de tudo na ferida viva
Do meu coração...

Já faz tempo
Eu vi você na rua
Cabelo ao vento
Gente jovem reunida

Na parede da memória
Essa lembrança
É o quadro que dói mais...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos

E vivemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Como os nossos pais...

Nossos ídolos
Ainda são os mesmos
E as aparências
Não enganam não

Você diz que depois deles
Não apareceu mais ninguém
Você pode até dizer
Que eu tô por fora

Ou então
Que eu tô inventando...
Mas é você
Que ama o passado
E que não vê
É você
Que ama o passado
E que não vê

Que o novo sempre vem...

Hoje eu sei
Que quem me deu a idéia
De uma nova consciência
E juventude

Tá em casa
Guardado por Deus
Contando vil metal...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo, tudo,
Tudo o que fizemos
Nós ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Como os nossos pais...

Eu falo sozinha!!!!

Sim, sou daquelas pessoas que, andando sozinha vê algo na rua e comenta em voz alta ou ri (chego a chorar de rir), e ontem encontrei com uma senhora fazendo exatamente a mesma coisa e eu não me toquei, achei que era comigo, parei para responder, bem consegui fazer mais uma amiga....rsrs. Ela que havia falado sozinha sobre um terreno que está a venda, acabou me contando a história da vida dela, em apenas 2 quadras que caminhamos juntas já sei que ela tem 72 anos, é viuva e cozinha bem...rsrs. Como sou nova na cidade apenas 4meses, achei ótimo achar outra pessoa igual a mim....kkk Sempre fiz uso da máxima que "Um igual reconhece outro igual" e agora posso reforçar dizendo que "um Igual atrai outro igual"....kkkk Tá é verdade que sempre usei essa frase (cuja autoria eu desconheço) para calar pessoas "homofobicas" quando alguém fala que fulano é gay... na lata eu respondo com a frase acima.... Agora já posso usá-la de outra forma. Remetendo a frase acima, sempre que começo a seguir um blog é porque me identifico com o assunto, e pasme tem amigas que falam exatamente o que sempre preguei para um pequeno grupo, e agora fico feliz em ver que esse mundão de meu Deus tem muito mais gente igual.....(amigas sempre me achei meio desiquilibrada....por isso não sei se isso é um elogio.....kkkk) De certa forma me sinto abraçada pelo mundo, somos seres únicos feitos em grande escala!!

Da lavanderia para a sua sala

Lendo o jornal "Gazeta do povo" de domingo no caderno "Viver Bem" achei a matéria com o seguinte titulo:
Casa sustentável - Da lavanderia para a sala - A velha tábua de ensaboar vira objeto de decoração - Publicado em 19/09/2010 -> Larissa Jedyn - larissa@gazetadopovo.com.br
Não resisti e resolvi mostrar para você essa idéia legal, veja as fotos (Fotos: Aniele Nascimento/ Gazeta do Povo):



Gostou, quer fazer igual??? então clica aqui pois na pagina da Gazeta do povo tem um passo-a-passo bem explicadinho... essa eu não podia deixar de te contar, afinal vamos combinar que ficou ultra interessante. Embora eu aqui em casa não tenha aposentado a minha totalmente, fica a idéia. Tenha um ótmo dia!

Detalhes da viagem a Fortaleza

Bem se você assim como eu consegue viajar, de forma rápida e aproveitando as promoções das empresas áreas, aqui vou passar algumas dicas se a sua opção de escolha for Fortaleza - CE. Lembre-se é um lugar maravilhoso, cheio de praias lindas no seu entorno, ou seja em cidades da região metropolitana.
Você irá precisar se deslocar com ônibus, carro ou van até o seu destino. Salvo é claro se você for direto se hospedar nas localidades minúsculas que ficam nas praias paradísiacas.
A região é muito barata, leve dinheiro para estimular a economia local, você compra toalhas bordadas, rendas artigos de couro (de jegue) e obras de arte a preços bem acessíveis.
A comida é muito boa, bem feita e em grande quantidade. Eu, meu marido e minha filha comíamos bem um prato para 2 pessoas.
Jericoacoara fica a 6 horas de viagem, eu não fui conhecer (embora estivesse em meus planos) pois após 6 horas rodando eu precisaria de 4 dias no local para descansar - lá segundo as pessoas com quem conversei na cidade, tem muitas atividades e pousadas legais. Fica a dica se quiser contrate antes a agência para chegar e ir direto até lá, depois vc conhece o restante das praias.
Eu cheguei domingo a noite e na segunda, terça e quarta-feira, conhecemos Morro Branco, Praia das fontes, Canoa Quebrada, e Lagoinha -> a mão do homem explorando o que a natureza nos deu de melhor, e também andamos de pau-de-arara (gentem vale por conhecer o que é aquela imagem que a gente só vê em filmes ou novelas, mais é muito sofrido - tá turista também sofre...rsrsrs).
Nos dias seguintes fomos aproveitar a praia de Croco Beach - passamos o dia nesta barraca. Na quinta feira não pode deixar de ir na Barraca do Chico do Caranguejo que fica na praia do Futuro, serviço ótimo e comida boa, pessoas simpáticas e praia maravilhosa.
Ah! nós ficamos hospedados em hotel na beira mar, praia de Meireles, assim mesmo chegando cansados dos passeios, á noite saiamos para uma caminhada ao longo da via aproximadamente 2km de ida, jantávamos e passeávamos na feirinha de artesanato e retornávamos caminhando (2km de volta), vendo pessoas e muita arte que fica exposta no calçadão.
No nosso último dia, como teríamos que voar logo após o almoço, fomos ao Mercado Central - antigo presidio que foi transformado em feira de artesanato. Lá fiz umas comprinhas que fotografei para mostrar a você.
Artigos de couro de jegue.
Vestido tamanho único - que veste bem do 38 ao 46 sem ficar salaminho, gentem eu que sempre achei que o tamanho único não servia em ninguém....... agora tenho uma peça em meu guarda roupa, eu não me fotografei vestida, pois aqui no sul (Paraná) está frio, hoje estamos de blusa e lá fora cai uma chuva gostosa e muito esperada (fazia dois meses que ela não aparecia) Obrigada Deus! Mas nesse verão já estarei com mais um vestido e duas sandálias maravilhosas..... Eba! Lição importante se você está programando a sua viagem a Fortaleza (leve mais dinheiro do que eu... pois fiquei com vontade de comprar mais, mais... - sabe como é eu adoro movimentar a economia local...kkkkkkk)
Grande beijo

Fechar embalagens


Mais uma utilização para as nossas garrafas pet, quer dizer para toda ela não mas sim para aquela parte que normalmente iria para o lixo, essa técnica recebi por e-mail, não tem autoria se alguém souber de quem foi a idéia por favor, me avisem que eu colocarei os créditos, apenas estou divulgando pois achei muito interessante e você sabe que eu sou uma pessoa verde, adoro idéias práticas e úteis, que preferencialmente não poluam ou diminua o agente poluente.
Lá vai, pegue uma garrafa pet, limpa e uma tessoura e corte próximo ao gargalo, um ou dois dedos abaixo da tampa, de forma que não fiquem arestas.
Pegue aquele pacote que já está aberto passe por dentro do gargalo da garrafa, puxe parte do plástico do pacote para fora e tampe. Você vai perceber que fica bem fechado e firme, sem correr o risco de entrar insetos ou enroscar em algo e acabar abrindo o pacote, como as vezes ocorre quando se usa aqueles prendedores....

Com o restante da garrafa, sei que pessoas criativas vão utilizar para vasos, flores, etc, etc.... Vamos lá, mãos a obra para diminuir o lixo de nosso planeta. E não esqueça utilize sacolas retornáveis.

Retorno a vida normal....

O fato de sairmos de férias, nos remete ao ato de fazermos algo totalmente fora da rotina diária. E foi o que fiz...dos hábitos que tenho mantive apenas o da leitura e a vida de mãe de adolescente, mas por não ter programado minha leitura, o que fiz para preencher os poucos minutos antes de dormir com o livro de minha filha, "Marley e eu" - John Grogan e confesso que ao termino de minha leitura, (pois a mágica da leitura é quando o autor consegue fazer com que o leitor se identifique com a história) vi que o quarto elemento de nossa residência é igual ao labrador do livro - não em porte físico (afinal vc já viu a foto dela e sabe que é uma SRD), mais em agitação, hiperatividade, medo de tempestades e outras peripécias..... kkkkk
Olha a Pérola aí roendo algo, que só descobriremos depois o que é...kkkk Ela em nossas férias, também viajou, não conosco, mas foi passar uns dias na casa de uma grande amiga minha a "Lurdes", uma pessoa maravilhosa que entrou em minha vida no ano de 2007 e fará parte dela permanentemente, mesmo que continuemos morando em cidades diferentes (nós somos muito iguais, temos os mesmos valores). Após uma semana aproveitando a companhia do Johnny (cachorrinho) e de toda a família da minha amiga, fomos buscá-la, a viajem de 60km transcorreu tranquila, ela chegou em casa exausta e foi dormir, e no dia seguinte ficou bem estranha... não brincava e só dormia.... foi necessário 3 dias para que ela voltasse ao normal..... Agora corre por tudo brinca o tempo todo e late para todo mundo, se coça, solta pelo e fica pedindo atenção o tempo todo... e pasme agora estamos tranquilos e felizes, pois o quarto elemento está bem saudável e feliz. E quanto a família, bem minha filha já retornou as aulas e as birras da adolescência, o marido retornará ao trabalho nesta segunda feira, e eu retornei a rotina desde ontem. Por isso cá estou eu de novo meus amores para recomeçar a rotina de posts....

Gentem, tem sorteio no blog da Beth, passa lá para participar.
Olha que mimo cheiroso, a gente vai concorrer, eu já estou participando, e você?? Corre, basta clicar Aqui

Voltei....

Como todos já sabem, eu estava em férias, conhecendo Fortaleza.....cidade com praias ma-ra-vi-lho-sas!!! Foi muito bom (como sou neurótica com o sol em excesso, besuntei a família toda várias vezes ao dia com bloqueador FPS 30, e respeitamos o sol o máximo possível) retornamos com um corzinha suave, saudável e com a alma leve, conheci muitas pessoas, conversei muuuuuuuuito com o povo de lá, são muito receptivos e ao retornar tive a agradável surpresa de ganhar um selinho da minha amiga Paula do blog Cotidiano de uma amig@ Obrigada, amiga!!!
Com a seguinte regra repassa-lo a 6 seguidoras, como sou iniciante neste universo confesso que selecionar a 6 foi um pouco difícil. Por isso usei como critério minhas primeiras seguidoras.Vai lá....
Bruna - http://qualytafotografia.com.br/blogqualyta/
Nídia e Patricia - http://patbutterfly.blogspot.com/
Juliana - http://acasadetododia.blogspot.com/
Pétrinha - http://petrinhamake.blogspot.com/
Gil - http://coisasdagil.blogspot.com/
Nely - http://caprichosbyneli.blogspot.com/
Que Deus ilumine a todas (os), Muita Luz e Paz! Eu vou organizar a minha vida pós férias, retornarei com dicas para quem tiver vontade de ir até lá mais não teve a quem recorrer para pegar informações legais.
Grande Abraço

Aniversário da minha filha!!!!!!!!!!!!!

É, a minha filha hoje está complentando 13 anos. Estamos em férias, Fortaleza-Ce.... chegamos ontem às 21h., pela manhã do dia de hoje fomos conhecer a praia do futuro.... a viagem foi bem tranquila... mas eu cometi o maior erro de minha vida de blogueira...(tá eu sei que faz pouco tempo que faço isso....rsrs) só que o erro foi gravíssimo mesmo assim.....esqueci de trazer a máquina fotografica.....................(recordações agora só na memória... na minha será um transtorno... pois estou precisando de um cartão para amplia-la, pois depois que fiz 30 anos ela reduziu muito e agora com 40, tenho apenas vagas lembranças....kkkk). E fico pensando onde será que se escondeu o bebê que encontrei na maternidade em 06/09/1997?? será que está apenas em minha memória RAM, ou será que eu fantasiei??? sabe por vezes olho minha filha  e vejo uma pessoa já com feições os traços se definindo de uma maneira intensa.... então ela vira seu rosto em minha direção e dá um sorriso  .... então aparece o meu bb, outras vezes é um olhar mais travesso que lembra muito aquele bb. Sou uma mãe muito feliz que hoje tem uma pré-adolescente cheia de vida e brilho, amo muito tudo o que ela faz, mas não incondicionalmente, afinal tenho que ser severa (tá eu não consigo muito), mais as mães tem que educar... e o meu bb está dando passagem a uma pessoa mais perfeita ainda..essa pessoa agora está construindo uma mais forte, por isso quero deixar registrado aqui que sempre SEMPRE desejo que ela seja feliz, acima de toda e qualquer coisa. Essa é a sua missão terrena.

Prabéns Vitoria! Que essa data se repita por muitas e muitas décadas, para que possamos rir muito juntas.
Sempre estarei aqui no alto de meus 8 (40)anos, esperando para brincar, chorar e sorrir junto com você. Pois isso você sabe que sou expecialista em fazer.

Em tempo....

A prova de português de minha filha veio com o texto abaixo:

De repente sou só eu
com minha pouca bagagem
e meu leve coração.
(...)
Minha vida me pertence
Tudo agora é embarque
Tudo agora é viagem.

Respiro fundo a emoção
De estar sozinho comigo
E mergulho na paisagem. Carlos Queiroz Telles - Sementes de sol

Isso é para contar que eu era assim, antes de ter minha filha e meu marido, agora teria que fazer uma releitura deste texto e o meu ficaria assim:

De repente não estou mas só
Tenho uma bagagem enorme
E o coração repleto de amor

Minha vida não mais me pertence
Tudo agora é espera
Tudo agora é retorno

Respiro e acredito na emoção
De ter alguém a quem amar
Agora faço parte da paisagem.

Por vezes tento pensar só em mim, mais sabe quando não sou mais um ser individual? Se marco hora no salão, pelo menos uma vez por mês tenho que marcar para duas pessoas, para ir a algum evento tenho que responder umas três ou quatro vezes se a blusa ficou boa, se o cabelo está certo, se a maquiagem não está borrada.... Sou mãe de adolescente!!! Preparativos para nossa viagem!!!! ... amanhã a dupla irá a depiladora....rsrs. E sabe do que mais, sou feliz assim, um ser múltiplo, com multiplas utilidades e múltiplas funções e que ama de forma incondicional. E você? já parou para analisar um texto ou poesia que te retratava e não te retrata mais??? 


Educação...

Vou dar um tempo nos preparativos para viagem, para que falemos sobre educação (ontem tivemos uma reunião na escola de nossa filha), o engraçado é que nestes eventos as pessoas que lá estão normalmente são pais de alunos nota 10, os pais que só aparecem para reclamar da nota baixa do filho não frequentam as reuniões. Eu sempre que possível faço tudo para participar. E com este post quero auxiliar você que talvez esteja com alguma dificuldade com o seu estudante, ou que tem alguém em casa que logo estará em idade escolar. Por isso vamos as regras de alguém leigo, que deram certo (meu bb até hoje só tem tido notas altas).
1º - Tenha sempre um tempo para leitura (não importa que você chegue exausto 21h ou mais pegue um jornal, uma revista, um gibi ou um livro e leia ao lado do seu filho) como disse uma vez o Ziraldo ..."Quem lê não precisa estudar".. esse primeiro item recomendo que você faça desde os primeiros 6 meses de idade, pode parecer que ele não entende mais vai fazer a diferença.
2º - Tarefa de casa é para ser feita (não é castigo - serve apenas para reforçar o que o professor explicou em sala de aula, e para que este tenha uma noção do quanto o aluno aprendeu - se seu filho não consegue fazer a tarefa o professor vai saber que terá que explicar novamente aquela tarefa)
3º - O material didático é um meio para o professor saber qual direção deve tomar em suas aulas, não um fim onde terá todas as perguntas e respostas (estudar não é decoreba)
4º - Não cobre de seu filho notas altas, e sim que ele aprenda a matéria, pois tirar nota numa prova, qualquer um consegue (nem que seja colando) mais aprender o conteúdo, só prestando muita atenção na aula.
5º - Peça que ele lhe explique o conteúdo aprendido de cada matéria (a gente aprende mais quando ensina).
6º - O professor NÃO tem sempre razão, mais respeito e bons modos são essenciais em qualquer sociedade e vale para os dois lados... (está tendo problemas vá até a escola e converse diretamente com o professor ou diretor do colégio para resolver o problema - nunca em hipótese alguma fale algo que denigra a autoridade do professor para seu filho)
7º - Nossos filhos PRECISAM sair caminhar, encontrar com amigos e se divertir (se você não permitir que ele tenha prazeres na vida você nunca vai ter como barganhar) De forma alguma dê a ele um castigo que não tenha nada em comum com o erro que ele cometeu. Se tem notas baixas por não dedicar um tempo aos estudos - faça com que o tempo de lazer seja reduzido. Se quebrou algo, dê a ele oportunidade de "pagar" com tarefas domésticas que antes não cabiam a ele fazer.
8º - Conheça o diretor, o orientador pedagógico e se possível os professores de seu filho.
9º - Nunca nem sob tortura exponha ele ao rídiculo na frente dos colegas, é comum na adolescencia as zoações, por algum período. Não confundir com o Bulling (se você costuma ir levar a lancheira para seu filho de 10 anos no colégio - a tiração de sarro vai ser culpa tua não dos colega, proteja mais de forma maneirada)
10º - Peça sempre para seu filho um dia antes da prova que ele te explique o conteúdo, não demora muito e ele vai relembrar de forma saudável sem neuras e as notas no dia da prova certamente serão boas pois ele terá domínio do conteúdo. (se ele te questionar que você não tem nada com isso, responda ..."eu sou sua/seu Mãe/Pai e é minha responsabilidade saber o que eles te ensinam na escola" - fale com amor e verás que será recompensador - ah! e tem que prestar atenção ao conteúdo por ele explicado nada de mandar ele ficar quietinho para ver a novela que depois ele volta a te explicar, esse momento tem que ser de dedicação exclusiva, tá?) 
Se você assim como eu é uma pessoa que devora livros, revistas, jornais ou afins, pode inclusive fazer algumas alusões a fatos da atualidade para que ele grave mais fácil - foi assim conosco quando ela estava aprendendo sobre comunismo, socialismo.... depois da prova ela falou:
- Nossa mãe na hora que li a questão sobre Karl Marx lembrei de vc falando sobre o comprar, comprar....rsrs
Não esqueça:
...."QUEM LÊ NÃO PRECISA ESTUDAR". Ziraldo.... faça seu filho ler a matéria sempre no mesmo dia em que o professor explicou e um dia antes da prova.


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias