Perdão

Ouvimos falar muito que perdoar faz bem para o corpo e a alma, e eu acredito e muito nisso, pois perdoar faz com que você pare de sofrer e remoer o ocorrido. Eu perdi muito tempo de minha vida remoendo, sonhando com vinganças e não vivendo de forma plena e feliz. Por exatos 10 anos, eu chegava a sonhar, tinha prazer em imaginar o castigo perfeito.................e um dia comecei a mudar, o motivo? leitura e exercício, sim exercício mental, foi muito difícil, mas hoje vejo o quanto foi compensador.
Aprendi que cada um possui o seu momento verdade, e conforme vai amadurecendo vai descobrindo outras formas da verdade se apresentar, tá existem pessoas que teimam em não amadurecer, pena pois sofrerão a vida toda, e no final da vida não terão evoluído. São essas pessoas que vejo constantemente dizendo que não são felizes.
Felicidade a gente aprende aos poucos é uma decisão diária e por vezes muito difícil, afinal tem dias em que a gente não deveria sair da cama. Mas a vida segue e precisamos encarar a rotina, eu aprendi que nesses dias eu posso chorar de rir, chorar de raiva, e perdoar a mim mesma por deixar tudo acontecer (sim sempre tem uma forma de evitar - se não evitamos, não devemos nos punir por isso).
Num desses dias em que acordei com o pé esquerdo, e tudo deu errado o dia todo, ao anoitecer eu dirigindo-me a faculdade, fui, literalmente, atropelada por uma rapaz de bicicleta, que vinha na contra-mão (eu olhei apenas para uma direção e atravessei) é claro cai, ralei joelhos e mão ao me levantar olhei para ele com ódio e tive vontade de pegar minha mala de estudo e bater violentamente na cabeça, do estúpido que entrou na contra-mão, mas como estava atrasada precisei correr para apresentar um trabalho ao professor, o que foi a salvação do rapaz, e minha.....cheguei apresentei meu trabalho de forma mais ou menos e fui para casa tentando evitar um mal maior, no portão do condomínio não conseguia encontrar minha chave, meu marido não estava em casa e aquilo tomou uma forma tamanha que sentei e chorei, chorei muito, por cada uma das coisas que me aconteceram desde a barriga da minha mãe, pela minha infância, por cada briga com amiguinhos dos tempos de escola, cada desilusão, decepção, chorei por não ter olhado para o cara que me atropelou e com certeza estava mais assustado do que eu, chorei pelos males que assolam o mundo....... E, quando não tinha mais lágrimas, comecei a procurar os lenços de papel em minha mala e encontrei as minhas chaves, entrei em meu apartamento tomei um banho, relaxei .........e quando acordei no dia seguinte e a vida estava tão linda, meu marido ali ao meu lado, meus colegas de trabalho, minha família e amigos todos continuavam a fazer parte de minha vida, lembrei-me de agradecer.
foi nesse dia que aprendi: EU SOU FELIZ, e entendi o valor de perdoar, e agradecer.........esse texto todo é por ter assistido ao noticiário e visto as catástrofes/desastre naturais, que tem acontecido em todo o planeta,(estiagem, nevasca, enchentes, deslizamentos....) cada imagem vista ou palavra que ouço, lembro-me sempre de pedir que os familiares e as pessoas que estão envolvidas com fatalidades, que tenham muita paz e serenidade para tocar suas vidas após o episódio traumático.
Aprendi que temos apenas três orações a fazer todas as manhãs:
..."Eu perdoo, sou grato, eu te amo!"

E quando peguei meu livro de cabeceira para ler um trecho, encontrei esse cartão do smilinguido que ganhei de um aluna de 2ª série, no período em que eu lecionava:
Tenha uma ótima quinta-feira, e até amanhã.
Sou grata por você estar aqui me acompanhando e por todos que me seguem
Perdoo todos que não me seguem, por não gostarem do que lêem ou por não poderem acompanhar-me
Eu te amo por você existir e permitir que eu conheça sua forma de pensar, quando se expõe em seu blog.

Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

10 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Fabiana Tardochi publicou o comentário número:

Que lindas palavras, que bom a gente se conhece e aprende r a ser melhor a cada dia.

Bjs

Deusa publicou o comentário número:

Quem bom que você conseguio colocar todas as emoções pra fora.Tem dia que são realmente inacreditaveis.Você já notou que tenho sumido,muitas vezes vou a dois ou tres Blogs e não consigo seguir em frente?pois e,tem dias ue as coisas vão dando errado e você vai ficando cansada e mais cansada ao ponto de não ter energias nem pra se divertir.Vir aqui no seu Blog e uma diversão,um prazer um momento de relaxar,mas não consigo sentar aqui,tem sempre alguém,outros eu já passo só pra olhar.Chato nê?mas eu chamo de adaptação,estou me acostumando a tomar conta de tudo.Outro dia vim aqui e vi sobre a mudança,sobre ser filha do meio...olha Adelaide,nem sei se comentei tamanha a correria.
Sobre perdão,eu sempre digo que o perdão vem e você nem sente...eu tinha uma colega de trabalho dificil,terrivel mesmo,não conversamos durante anos....ela tinha me feito tanto mal no trabalho que cheguei a sair.Um dia estou eu no supermercado e vejo uma moça e achei que fosse ela,engraçado que fiquei feliz achando que era uma amiga de outros tempo...dai percebi que tinha perdoado.
Deusa
vasinhos coloridos

Lu publicou o comentário número:

Oi Linda,obrigado pela visita e pelo carinho.
Seu texto é maravilhoso.
Como se diz perdoar é divino,mas mesmo assim ficamos magoados e tristes por um tempo mas passa.
Beijo Lu

RENATA REIS publicou o comentário número:

oi amiga, perdoar faz muito bem principalmente pra si mesmo, lindo post, beijos!!!!

LADY D. A. publicou o comentário número:

Esse "negócio" de perdão é algo que eu venho trabalhando na minha vida, eu perdoo superficilamente para dar paz a quem pediu, por que é horrivel não ser perdoado, mas depois reflito a situação e perdoo verdadeiramente...Mas só nao consigo perdoar a mim mesma...Negócio complicado rsrsr

Ana Maria ( Jeito de Casa ) publicou o comentário número:

oi Adelaide

è um exercício difícil o perdão, mas deixa a alma muito leve mesmo!!!
òtimo texto!!!
bjus

Adriana Alencar publicou o comentário número:

Gostei muito da afirmação de que a felicidade é uma decisão diária. Essa é a realidade, decidimos o nosso destino através das escolhas que fazemos; perdoar é uma delas porém, observe, não existe um sentimento chamado perdão, ela é uma atitude. Isso significa que você não vai deixar de sentir tristeza pelo que lhe fizeram ou pelos fatos desagradáveis, apenas vai esquecer a vingaça, que é um dos sentimentos mais negativos, contamina a alma com a sua escuridão tornando a felicidade um sonho distante. Perdoar também envolve uma decisão, e seus efeitos não são imediatos; porém, uma vez tomada, a cada dia remove um pouco da cortina cinzenta e, quando menos esperamos, o sol volta a brilhar por nossas janelas da alma!
Beijo
Adri

LILIANE publicou o comentário número:

Adelaide
eu pensava que perdoava fácil
descobri super sem graça que não sou assim tão boazinha. e foi muito dificil me perdoar por não ser perfeita, pura, decente,etc ,.....
perdão é uma atitude de amor e de inteligência, no meu caso preciso buscar as duas coisas, todo dia, senão....adeus viola.
beijo minha flor.



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias