Dieta Coletiva - Horta

Quando falamos em Dieta, logo as pessoas pensam que somos todos "gordos ou obesos mórbidos" (tá eu sei que faço parte do grupo.....) mas eu acredito que a dieta também é uma forma de sermos a cada dia mais saudáveis. Quando entrei no desafio da Clau Finotti foi no intuito de trocar com você  pequenas dicas/mudanças que tenho feito ao longo dos anos para tornar-me uma pessoa mais saudável, e se eu perder peso???....claaaaro que vou agradecer, de joelhos.....rsrs
  1. Já faz algum tempo que optei por comer mais coisas naturais, aprendi a fazer saladas deliciosas, assados e diminui significativamente as gorduras (opto agora por comer castanhas e azeite de oliva extra virgem).
  2. Não tenho em casa bolachas recheadas ou salgadinhos, quando minha filha quer ou se eu sinto vontade, vamos caminhando até o comércio mais próximo e compramos - assim já perdemos algumas calorias e estamos exercitando nosso musculo mais importante - o coração.
  3. Você acha que não como fritura??? como sim. Apenas quando estou com vontade, aí também vale a mesma dica, saímos para comer em alguma lanchonete ou restaurante, a porção é menor e o custo é maior (isso já nos limita bastante).
  4. Comemos muito pouco embutidos (salame, peito de peru, presunto) somente quando temos vontade e compro sempre o mínimo possível
  5. Planto temperos e algumas saladas, e a dica deste post é essa todo mundo pode ter uma horta ou um vaso de temperos em casa, veja como vou fazer para levar minhas mudas para a casa nova. 
Aqui em Rio Negro eu fiz uma pequena horta, onde, fruto da compostagem de cascas e sementes nasceu tomates, pepino, abóbora e, pimentão, dos amigos ganhei mudas de couve manteiga, cebolinha e espinafre, que pegaram de forma maravilhosa (dizem os antigos que é porque foi dado com amor e bota amor nisso pois o quintal é de terra vermelha, estava seco, duro,  eu quase desisti de tentar logo no início...cada vez que tentava virar a terra com a cortadeira parecia que tentava cortar pedra....rsrs.) Bem  agora na casa nova ainda não tem uma horta pronta (mas tem um pequeno espaço destinado a isso) então vou levar algumas das plantas que tenho aqui. Munida de vaso, com pedregulho ao fundo e uma farta camada de terra, peguei as cebolinhas, cortei as folhas e separei os bulbos, arranquei as mudinhas da couve, e vou planta-las neste vaso, deixarei-as por uma semana, no vaso e quando estiver tudo certo, com o canteiro da casa nova, vou replantá-las, assim terei suco de couve pela manhã, salada de couve e cebolinha totalmente orgânicas, no almoço.

Tá vou confessar ....acho a natureza muito viva, então eu planto, mas assim que aparece algum animal diferente na horta, preciso que algum herói entre em cena, nessas horas me valho do amor do marido, ou de alguma colaboradora que não tenha os mesmos traumas que eu.....rsrs  Assim consigo manter-me e a meu núcleo com uma alimentação mais saudável, Dieta para mim é isso, controle do que comemos, para de forma consciente nutrir o nosso organismo com alimentos de boa procedência, e assim vivermos melhor.

Evolução:
O post foi programado pois talvez eu esteja fazendo minha mudança, se assim for depois passo e atualizo este pequeno detalhe.
Me conta você o que é dieta para você? Apenas algo restritivo? Como é a sua dieta? Você se considera uma pessoa saudável? Porque?
Tenha uma ótima semana,
Até amanhã
Muita Luz e paz
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

7 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

RENATA REIS publicou o comentário número:

oi amiga, em casa temos alecrim , manjericão e cebolinha, maridex foi mais rapido, havia em casa uma carriola de pedreiro abandonada, eu sonhava com a carriola cheia de hortencias, marido plantou cebolinha!!!!Boa semana e sorte na mudança!!!Beijos!!!

wilma publicou o comentário número:

Prá falar a verdade eu não gosto de dietas...acho que é melhor a reeducação alimentar, mudar os hábitos, como vc fez.
Uma coisa que aprendí com meu marido é só comer quando tiver fome e não porque tá na hora ou porque tem que beliscar algo....bjos.

Denise publicou o comentário número:

Adelaide, querida, admiro pessoas como vc. Tenho dificuldades com plantas, esqueço de aguá-las, etc. Atualmente estou fazendo umas tentativas com cactos. rsrs. Outra dificuldade é fazer dieta. Até tento, não comprando algumas coisas, mas, quando se trata de doce..... sou capaz de caminhar pela cidade toda atrás de uma barra de chocolate. Não ligo para frituras, nem embutidos, meu mal é o açucar. bjs.

KINHA publicou o comentário número:

Olá Adelaide

Força amiga que vc chegará lá...

Até amanhã
Bjoooooooooooooooooo............

http://amigadamoda.blogspot.com

Neli Rodrigues publicou o comentário número:

Adorei suas dicas. Eu tinha uma floreira com salsinha, cebolinha e algum outro tempero, masssss, com minha filhote de labrador, tudo mudou. Minha floreira está vazia até os próximos 9 meses, ou seja, até ela se tornar uma adulta,rsrs.
Bjs♥

*~* Coisas da Bruxinha *~* publicou o comentário número:

Adelaide adorei o que disse no seu recadinho, é verdade , é muito fácil fazer as coisas com dimdim, o difícil é constriur algo novo com pouco e com criatividade. Embora tivéssemos lindas ideias para pergolados naquele local, queríamos fazer sem gastar muito pq a prioridade em gastos é outra no momento, acho que ficou muito bom, embora simples hehhee.
Quanto a dieta, tenho tentado comer coisas saudáveis a cada dia, as vezes escorregamos é claro.
Agora que voltei das ferias estou meio lerda pra engrenar de novo, mas vou conseguir.
um beijão

Leila

Mariana Buono publicou o comentário número:

Olá Adelaide, boa noite!!!!!!

Vim agradecer seu cometário e conhecer seu cantinho que é repleto de coisas interessantes...parabéns!!!!

Obrigada pelo carinho e sucesso sempre,
Mariana :)

*ps - essa calopcita que está te seguindo sou eu tá...rsrrs :)



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias