Há vida depois da mudança?

Sim, eu não me enganei escrevi o título desta postagem de forma correta, pois preciso contar a você amiga que já mudou ou que pensa em mudar, Não desanime, existe sim vida após a mudança, apesar da bagunça, por mais perfeita que tenha sido feita, sobram  montes de coisas que não se encaixam, fiz planta baixa, os móveis foram montados no lugar certo, as caixa colocadas onde deveriam ser colocadas, mas aí você começa a desencaixotar e............ além disso tem que seguir com a rotina diária....e é claro, sobra trabalho e faltam horas no seu dia....Quem vai fazer o almoço, lavar a roupa, limpar a casa e passar a roupa?? Concordo você pode contratar uma pessoa para fazer o pesado, mas enquanto as coisas não estiverem onde você quer que estejam, essa pessoa só vai atrapalhar, e além disso você ainda não conhece ninguém na cidade, e se você não tem grana para pagar o que elas pedem por dia???
No post de ontem coloquei para você que estou fazendo academia, mas preciso admitir que em toda cidade que vou eu faço academia, não por gostar ou por buscar um beneficio de saúde física. Eu preciso, sair de casa e conversar com outras pessoas, e essa é uma forma que eu encontro de me socializar. O que você nunca pensou dessa forma??
Pense numa rotina de esposa/mãe logo após a mudança, onde marido já está trabalhando e filha estudando, e você fica em casa arrumando e limpando até tudo entrar nos eixos para então sair também. Eu estaria em completa reclusão, então começo a fazer coisas que amo e outras que nem gosto tanto assim...
Faço manicure e pedicure em salão (embora eu prefira a maneira como EU faço - mas assim frequentando salões, consigo notícias da cidade, sei quem é quem no novo círculo que se apresenta...rsrs)
Não me sinto tão excluída. E mudo o foco do meu dia pelo menos no período que estou fora de casa.
Ah! faço compras....rsrs (amo) sim, ainda não gastei o dinheiro ganho com meu "garage sale" virtual. Por isso ontem fui comprar o meu forno elétrico "Fisher" conforme dicas preciosas dessas amigas virtuais maravilhosas, e meu liquidificador...e amanhã após serem entregue, até já sei o que vou fazer para comemorar ...
Meninas de dieta não leiam isso! Bolo Bombom do Blog da Sonia e um pão de 7 grãos para manter-me na linha. O bife a milanesa que a Fernanda Reali ensinou.
Gentem tem tanta receita assada e eu sem o forno, já falei que não faço fritura? NÃO!!! Ééé, aqui em casa só faço assado ou cozido...rsrs Motivo: Sofro de Preguiça de limpar a sujeira que dá após a fritura.....kkkkkkkk e assim já transformo nossa alimentação em algo mais saudável, se temos vontade de comer algo frito, saímos para consumir.
Enfim essa é a minha dica de vida após a mudança, com prazeres duvidosos mas que surtem um bom efeito de socialização, testado e aprovado por quem muda de cidade com certa frequência.
PS.: eu falo pelos cotovelos, mas quando estou conhecendo sou mais ouvinte. E você como faz sua socialização em ambientes desconhecidos??? EXISTE vida após a mudança!!! Uhu!!

Muita Luz e paz.
Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

13 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

martinha publicou o comentário número:

Olá Amiga tudo bem? Vc acredita que faz 32 anos que eu moro na mesma casa, ous eja desde que eu nasci? Mas confesso que morro de vontade de mudar... apesar de ter casado continuo morando na mesma casa, para cuidar da minha mãe visto que meu faleceu há 04 anos e minha mãe não pode ficar sozinha devidos a váios probleminhas de saúde que ela tem e principalmente agora que ela foi diagnosticada com Alzheimer. Estou num dilema e tanto Amiga, quero engravidar no próximo ano, enfim ter a minha casa mas tenho medo de sair daqui e acontecer alguma coisa com ela - sei que ela estará bem assistida pois se realmente sair daqui ireiprovidenciar uma pessoa para ficar de dia e outra de noite com ela, sem contar que somos em 06 irmãos e que quem sabe com a minha saída passam a ajudar +, mas tenhomedo, desculpa pelo desabafo viu, beijo e explre bastante sua nova cidade:-0

Inventiva publicou o comentário número:

Adorei sua visita e seu comentario...Boa sorte na nova cidade...onde voce esta morando agora? Minh afilha tb fez uma mudança radical, depois do morar na esquina aqui de casa, mudou-se pra Santiago la no Chile, quase morro de saudades...mas tudo bem né, é a vida que continua seu curso...Apareça sempre pra gente poder trocar umas idéias....bj

Sonia publicou o comentário número:

Oi Adelaide, eu morei durante toda vida na mesma cidade, até que um dia meu marido foi transferido para Minas Gerais, e nos mudamos para lá.
E, o que você disse é verdade, se não sairmos para conhecer novas pessoas ficamos completamente isoladas.
Eu tive a vantagem de conhecer logo pessoas da mesma fé e que me acolheram como mais um membro da família.
Como você disse ser bom ouvinte nesta fase é muito importante. Gosto muito de suas postagens e dos assuntos que aborda.
E, você já mudou algumas vezes e tem experiência, logo estará bem entrosada, tenho certeza.
Obrigada por mencionar minha receita, fiquei feliz com a lembrança.
Um beijo e ótima semana

Fernanda de Oliveira publicou o comentário número:

Ai amiga, só de pensar em mudança me dá faniquito! rs

Antigamente eu gostava muito de mudar e, quanto paguei aluguel, vivia mudando de casa. Agora já faz pouco mais de 1 ano e meio que compramos nossa casa e não consigo mais me imaginar mudando como antes, morro de preguiça... embora a "mesmice" do dia a dia sempre dá uma coceirinha de mudar né rsrs

Mas deixa eu quietar o faxo, senão marido me mata! kkkkk

Beijoca ♥

Neli Alves publicou o comentário número:

"Eu sou um pessoa feliz convicta e quero muito contagiar o mundo ..."

Amei seu perfil, logo ao ler a primeira frase. Eu também sou muito feliz, graças a Deus, apesar de todos os obstáculos que temos que ultrapassar nas nossas caminhadas diárias.
Queria muito que todo mundo conseguisse se sentir assim.
Quanto a mudanças, não me mudei, mas minha filha sim e eu vim com ela para ajudar, mas às vezes fico imaginando o que o marido e a outra filha diriam se eu resolvesse ficar por aqui.
Nunca morei próximo a praia e estou amando a experiência. É uma outra visão do mundo! rsrs
Obrigada pela visita. Bjks. Neli

Açuti publicou o comentário número:

Oiiii Adelaide,
nossa disse tudo existe vida após a mudança....rsrsrs
A minha ainda tá na bagunça, mas vou vivendo, hehehe...
Gostei da dica de como se socializar, sabe, depois que me casei me enfiei numa grande concha e quase não saio de casa, ainda mais agora que estou desempregada (outra vez)...passo os dias na net e limpando casa enqto os filhos ficam na escolinha e o marida trabalha...
Fizemos o título de um clube perto de casa e assim será uma boa forma de eu conhecer outras pessoas...vou me forçar a ir, pois ultimamente, fiquei "vegonhada".
São fases né!
bjksssss

Bianca Bueno publicou o comentário número:

Ah, concordei na hora! Imagina marido e cria já socializando e você só tendo contato com eles? Não! Precisa ter relações também! Bem faz você!!!!

Também não faço fritura! :)

Palavras Vagabundas publicou o comentário número:

Eu nunca confessei, mas como você o fez tão descontraidamente... eu confesso em 30 anos de casada jamais fritei um bife, detesto limpar fogão! Lógico que a desculpa era que fritura não é saudável, rs
bjs
Jussara

Pepa publicou o comentário número:

Bem que eu precisaria de uma dose extra de coragem se eu precisasse mudar (medinho master, rsrrs)
Eu sou falante demais mesmo quando quero me socializar...rsrsrs

Bjus 1000

*~* Coisas da Bruxinha *~* publicou o comentário número:

Amiga , minha vidinha é tão pacata rssss, Meus vizinhos sao os mesmos há dezoito anos e nao encontro-os nem no corredor, tb pq nao faço questao kkkk, nao sao necessarios em minha vida pq há uma longa historia ai por de tras dessa atitude com eles . No trabalho agora estou só com meu pai,e as vezes passo o dia quieta sem falar com ninguem, a net me faz companhia, as costuras. Sou caseira e gosto disso.
Viu que vida pacata !!!

Amiga adorei sua força nos seu comentario sobre a minha filha, obrigada mesmo de coraçao.

Beijocas

Leila

Paula... publicou o comentário número:

Aos poucos a nova vida vai tomando sua forma, novo círculo de amizades vai se formando...e a vida continua feliz.

Bjs.

calma que estou com pressa publicou o comentário número:

oi delaide-
olha amiga espero que tenha vida após mudança- prque estou em lena guerra desta que tu descreveu, são caixas..e mais caixas...e organiza, pendura, limpa... acabei de falar aqui em casa - quando vou ficar um dia sem trabalhar que nem louca e parece que não fiz nada-
ah eu quero vida agora
bj
lu

Apenas um lugar para ser (Lis) publicou o comentário número:

Oi Adelaide, td bem? Quem me passou o seu blog foi a Jussara do Palavras Vagabundas. Ela achou q seus textos iriam me ajudar, pois estou enfrentando a primeira mudança da minha vida aos 27 anos, e está sendo difícil... Essa palavra "socialização" então... Nem me fale, tô me saindo péssima nessa parte...

Gostei do seu bom humor e das suas dicas, embora me sinta tímida em colocá-las em ação... =)

Acho q esse texto aq expressa minha situação atual: http://apenasumlugarparaser.blogspot.com/2011/02/o-que-fazer-com-nova-vida.html

Bjs e ficarei feliz se quiser me visitar! ;)

Quem sabe me ajuda... Sinto minha vida bagunçada, me sinto perdida e com mil dúvidas, não sei por onde começar, cada um q diz uma coisa... e eu... nada! Perdidinha! =)



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias