Um olhar do paraíso

Assisti com minha filha este filme, achei forte, marcante e profundamente orientador. Se você tem filha(o) adolescente sabe o quanto é difícil mostrar o motivo de determinadas preocupações que temos. É como se falássemos de coisas que nunca acontecem. Sobre a maioria dos crimes, o que deixo bem claro é que a maioria das pessoas são boas, e que as más não precisam de motivo para serem violentas. Na maioria das vezes os crimes são praticados por pessoas conhecidas, confesso que quando vi a chamada do filme achei que seria algo mais leve voltado para a espiritualidade e convidei-a para assistir comigo. Ledo engano, o filme foi um baque, sabe aquelas coisas que no final eu só olhei e perguntei: - E aí filha entendeu o motivo de nossa preocupação?
Bem mesmo sendo chocante eu gostei e muito. Recomendo que seja assistido principalmente como uma forma de tratamento de choque. Pois ele nos leva a pensar de forma rápida em tantas coisas, como a dor da "perda" que nos atrofia e corrói, o quanto o que "partiu" sofre por nós, e acima de tudo que temos que ter um certo reloginho fazendo o trabalho de despertar em determinadas situações.



Após ser brutalmente estuprada e assassinada, menina assiste os efeitos de sua morte se abaterem sobre sua família: enquanto sua irmã começa a se tornar a mulher que ela nunca será, seu pai fica obcecado com a ideia de vingança.


Adorei visita, me fez mais feliz!
Muita luz e paz em seu dia!
Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

20 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Neli Rodrigues publicou o comentário número:

Passou ontem no Telecine e eu quase assisti. Acabei optando por outro, mas sei que há reprises e quero mto ver, tb não sabia que ele era assim, brutal, pois com esse título achava que era mais leve, mas quero mto ver.
Bjs♥

» Cynthia Brito! publicou o comentário número:

O filme parece ser bom, vou tentar locar ou baixar aqui na net... Obrigada pela dica. E que você tenha um lindo fim de semana, uma páscoa abençoada, e um Deus sempre presente na sua família, na sua casa, na sua vida!

Estou seguindo aqui...

beijo enorme

Josy publicou o comentário número:

Adelaida querida vc não imagina o valor desse post de hoje. Eu estava no cabelereiro uma certa vez isso a uns 3 meses atras, e vi na tv o triller desse filme, fiquei super interessada e procurei saber o nome do filme, mas estava tão lotado o salão com o burburinho não consegui ouvir, e agora vem vc e me dá o nome, a sinopse e tudo o mais adorei saber e vou procurar locar esse filme, só fiquei meio cismada com a história, por que sou super, hiper mega preocupada com minha filhota lá em S.Paulo, mas são coisas de mãe, o jeito é relaxar e assisitir. Adorei saber o nome. Obrigada amiga...bjocas

Adelaide Araçai publicou o comentário número:

Josy, só para informar, o filme é lindo tem cenas maravilhosas a direção é perfeita. O fundamento é que é forte e chocante. Mas recomendo a todas as mães e também aos filhos para que saibam que o mal existe não é coisa de novela.
Abraços

Néia Lambert publicou o comentário número:

Adelaide, seu texto me deixou curiosa sobre o filme,vou procurar assisti-lo.

Beijos

Cláudia Viana publicou o comentário número:

Eu assisti e se repetir verei de novo,achei um ótimo filme e concordo com tudo que voce disse.

Palavras Vagabundas publicou o comentário número:

Adelaide,
vou procurar assistir, me interessei pela temática.
Boa Páscoa!
bjs
Jussara

Andrea Guim publicou o comentário número:

Oi, Adelaide!
Vim te convidar para o sorteio de abril no BlogArte em parceria com A Lojinha 123! Passa lá até o domingo pra participar!
Boa Páscoa!
Andrea Guim

Bia Jubiart publicou o comentário número:

Oi Bella!

Já li a resenha do livro, não sabia do filme... Adelaide, uma das funções de mãe é esta: mostrar que o mundo não é azul e nem cor de rosa, e temos que preparar nossos filhos para essas nuances de cores da vida...

Para vc e sua família uma feliz páscoa!

Beijos e carinhosssssss

Joart Flores publicou o comentário número:

Coincidentemente eu marquei nos lembretes da tv a cabo para assistir esse filme duas vezes, acho que ontem e antes de ontem... nãos ei ao certo, mas muito me interessou a sinopse, e agora vc falando, escrevendo... mas assistirei assim que puder, mesmo não sendo mãe ainda.
Beijinhos e uma linda Páscoa.
Com carinho

Luzia André publicou o comentário número:

Voce tem razao temos que utilizar todas as ferramentas de educacao para
Nao tenho filhos adolecentes, mas trabalho com inclusao social com jovens e adolecentes em situacao de risco.
Assim que puder vou assistir esse filme se possivel passar para eles assistirem juntos.
Sempre bom visitar seu cantinho.bjs

Denise publicou o comentário número:

Adelaide, vim te agradecer pelos comentários e tb te desejar uma ótima Páscoa! Muita paz!

♥ Charmi Convites ♥ publicou o comentário número:

Oiiiee !!
Obrigada pelo comentário no blog da minha mãezinha
Cozinha Criativa , mais na verdade quem fez fuii eu .. rsrsrs a filha ..
to ajudando minha mãe a atualizar o blog , ela tem tido pouco tempo pra postar ..
Canjica é uma delícia mesmo né ?! Faça essa receita sim .. vai amar .. com o açúcar caramelizado da um gostinho todo especial ...
Não sei se ja visitou meu blog .. se não .. por favor .. visite :

www.charmiconvites.blogspot.com

Mais uma vez obrigada pela visita !!!

e Feliz Páscoa pra vc e sua família ..

beijoos

Viviane

Josy publicou o comentário número:

Oi amiga, pelo visto até imagino sim que seja chocante, mas estou curiosa pra assistir, assim que assistir te conto. Obrigada...bjos querida uma Ótima Páscoa pra vc e sua familia...beijinhos

Rogério Pereira publicou o comentário número:

Nos dias violentos
Na confusão dos sentimentos
As imagens passadas são dura, seais
Não, não é a sua dureza
que nos deve preocupar mais
Mas sim a sua humanidade

(Não sei se em Portugal existe. Talvez com outro título...)

» Cynthia Brito! publicou o comentário número:

Obrigada, Adelaide. Saiba que foi um prazer ter recebido você em meu jardim. Espero que tenhas gostado do conto Uma História de Amor! Volte sempre!
Que o Senhor te ilumine e te abençoe nesta páscoa e sempre, sempre!

beeeeeeeijo

Rogerio Rinaldi e Glorinha Rinaldi publicou o comentário número:

Oi Adelaide
Vim retribuir a visitinha em nosso blog, e desejar uma feliz pascoa 1
Voce já está particpando do sorteio do dias mães é uma linda joias dá uma conferida se ainda não viu!
Vou assitir ao filme ainda não vi!
Bijinho
Glorinha Rinaldi
http;//sobrincos.blogspot.com

Paula... publicou o comentário número:

Oi amiga!

Já assiti a esse filme, e como sou intensa...rs, quase entrei pela tela a dentro para tira-la daquele buraco!!! Como mãe quase morri!
Engraçado...como os pais tiveram reações diferentes, cada um enfrentando a sua dor a seu modo. E a irmã tão valente...
Querida que seu feriado seja cheinho de coisas boas, pra depois vc dividir com a gente...rs.

Beijinhoooo

patty publicou o comentário número:

Oi Adelaide! Assisti esse filme no ano passado, é muito bom mesmo. Bj e bom feriado!

Mayara publicou o comentário número:

Oi Adelaide. Confesso que não consegui ter estômago para terminar o filme. Naquela cena primeira que ela aparece no subsolo, me deu uma angústia tão grande que sai do cinema de fininho... Um abraço!



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias