Estão todos bem - Filme

Sinopse

Frank Goode (Robert De Niro) sempre trabalhou em uma fábrica de cabos telefônicos, dedicando sua vida a sustentar a família. Aposentado e viúvo há oito meses, ele aguarda a vinda dos quatro filhos - David (Austin Lysy), Robert (Sam Rockwell), Rosie (Drew Barrymore) e Amy (Kate Beckinsale), espalhados em várias cidades, para um churrasco em família. Entretanto, de última hora eles desmarcam o compromisso. Querendo vê-los, Frank desobedece a recomendação de seu médico e decide visitá-los em suas casas. É quando descobre que há algo de errado em suas vidas.  (www.adorocinema.com)


Sabe aquele dia em que você com a proposta de educar acaba entrando em uma discussão com sua filha??? Não sei como é para você mas para mim é muito difícil, pois eu não gosto de "descer do salto", "rodar a baiana" - para mim significa que perdi o meu controle e se me descontrolo choro, choro de raiva, por ter entrado no jogo, de não conseguir manter a calma aparente e parecer que nada me abala. Assim foi o dia que assisti a este filme, eu vi recomendação em um blog amigo, agora não sei ao certo se foi no ( Cotidiano de uma amiga ou no Coisinhas da Cíntia,  mas isso é irrelevante pois elas sempre indicam filmes ótimos - esse eu não sei quem indicou, pode ser que não seja nenhuma delas... mas gente tô diférias...não dá tempo de procurar, depois vejo e acerto...tá?). Eu já havia tentado assistir duas vezes mas ele é muito lento, não conseguiu me prender, nesse dia ficamos as duas na sala logo após a tal discussão onde a última coisa que falei a ela era que desejava que ela fosse muito feliz.
O filme começou e eu bicuda, me segurando para não chorar (de raiva por ter discutido), não mudei de canal, ela brava por termos brigado, bicuda no outro sofá pensando no que tinha ocorrido.  O filme é sobre isso um pai que sempre lutou pela educação dos filhos, trabalhou duro para que eles se realizassem e fossem felizes. Foi muito educativo para nós duas. Nossos filhos nós amamos sempre independente do caminho que sigam. Desejamos desde a sua concepção, apenas que eles se sintam realizados e felizes.

É um filme que vale a pena ver, mas aviso: o início é bem lento, demora a se desenrolar. Mas a mensagem é linda, vale a pena fazer um esforço.
Muita luz e paz

Abraços


Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

7 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Veronica Kraemer publicou o comentário número:

Adelaide querida, eu amei este filme. Ele é lento sim, mas é brilhante, vale muito à pena!
Beijossssssssss
Vero

Sonia publicou o comentário número:

Eu sempre gosto de seguir a indicação de alguém para ver um filme.
Vou procurar para alugar, gosto de filmes com boas mensagens, mesmo sendo lento me interessou.

Quanto as discussões, elas acontecem muitas vezes por nossa culpa.
Nós incentivamos os nossos filhos a desenvolver o raciocínio e a usá-lo. Ao fazer isso, é inevitável que eles acabem tendo fortes convicções, e algumas delas talvez sejam diferentes das nossas.
Mas, mesmo quando as opiniões são diferentes, no final acabamos por nos entender. Faz parte do crescimento tanto dos pais, como dos filhos.
Um beijo

Micheli publicou o comentário número:

Oi Adelaide,

Acho que fazia algum tempo que eu não passava por aqui. Adorei a dica de filme. Deu vontade de assistir!

Bjos

Majju publicou o comentário número:

Bom dia Adelaide!!! Concordo plenamente com o comentário da Sonia...damos asas aos nossos filhos, queremos que eles voem no mundo, mas ainda não estamos prontos para vê-los voando por si próprios.Contraditório né? Aqui em casa é assim também...
Vou assistir o filme.
Tenha um lindo dia.
Beijos doces e perfumados.

Joana Abreu publicou o comentário número:

Acho que já vi ele passando na tv... Agora vou prestar mais atenção a esse nome e ver se assisto.
Essas situações de ficar "bicuda" me lembra muito quando eu era mais nova e ficávamos assim: eu e minha mãe... Isso porque não sou mãe ainda rs
Beijinhos carinhosos

Bibia Bueno publicou o comentário número:

Gostei da dica! Verei!!! :)
Adoro o Niro.

Eu decoro mudando tudo de lugar. Não sei ainda protejar e fazer tudo como manda o figurino. Mas estou estudando para aprender, já que eu não aceito que outra pessoa decore a minha casa senão eu mesma! rss

Alessandra Cerqueira publicou o comentário número:

Assisti este filme e achei excelente!
As relações familiares que conta aí pode acontecer mesmo no dia a dia!
O filme é ótimo e vale muito a pena assistir!
Bjs e fica com Deus!
Ale



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias