Dia 02 de Novembro - encontro com a família

Aproveitamos o feriado de ontem, para passar em família. Temos uma forma diferente de vivenciar a data, meu pai está enterrado em um cemitério a 480km de distância. Demais entes queridos também em cidades diferentes, o que prejudicaria bastante a logística da coisa. Além disso, eu, meu esposo e minha filha, somos avessos a cemitérios. 
Acreditamos que ali, não se encontra a pessoa que conhecemos e amamos, elas estão em nossas memórias. Por isso não vamos nessa data a igrejas, cemitérios ou qualquer outro lugar. Preferimos essa data para encontro com os familiares vivos, e esse é para nós o melhor encontro que existe, para reverenciar aqueles que já se foram. 
Sempre tem alguém que fala algo ou comenta sobre um dos entes queridos. São essas lembrança que para mim são importantes. O ritual de levar flores em datas especiais, para mim não tem o mesmo efeito do que eu simplesmente ao ver uma flor lembrar da pessoa. Meu pai não gostava de flores, por isso sempre no dia 02 de Novembro eu lembro exatamente isso, será que todos os que se foram e cujos familiares enchem o túmulo com flores, realmente gostavam de flores. Ganharam flores em vida que os fizessem felizes????
Ontem aproveitamos para celebrar a vida de uma forma simples e gostosa, curtindo o prazer de conviver com os que amamos, meu amado irmão que mora em Santa Catarina e sua esposa, minhas irmãs e seus esposos, Mamãe e minha afilhada linda.

Gosto de pensar que quando eu me for, todos os que amo, seguirão suas vidas, sendo cada dia mais felizes. Afinal é nisso que acredito - nossa missão é sermos felizes - despedidas são momentos de tristeza e saudade para serem vivenciados e depois seguir a vida apenas com os momentos felizes em evidência e as tristezas apenas como uma recordação distante.

Muita Luz e Paz
Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

10 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Neli Rodrigues publicou o comentário número:

Adelaide, minha família e principlamente minha mãe sempre fez questão de ir ao cemitério no dia de finados, mas eu não herdei esse costume.
Acredito em elevar minhas orações a Deus e aos que se foram.
Assim como vc, acredito em dar valor enquanto a pessoa estiver conosco, aproveitando cada minuto como se fosse o último.
Bjs♥

Kinha publicou o comentário número:

Tem muito mais valor lembrarmos e oferecermos carinho aos nossos familiares, pricipalmente os idosos, quando ainda vivos.

Lia Gloria publicou o comentário número:

Então, eu e meu marido também não vamos à cemitérios, pelos mesmos motivos. Gostei muito da ideia de uma reunião em família, pois sendo nesse dia, como vc disse, inevitavelmente se falará nos ausentes, as lembranças alegres virão.
Excelente post! bjs

Josinete Beatriz publicou o comentário número:

E eu vim contar que amei ver seu rostinho feliz no Sonhos! Obrigada Adelaide, pelo carinho! Deus te abençoe, amiga! Por aqui, como sempre, tudo show! Bjs. Josi

Josy publicou o comentário número:

Adelaide penso como voce, não gosto de cemitérios, não me sinto bem, acho um lugar triste claro, e acredito que deixar flores para alguém que nem esta mais la, é bobagem, o que importa é lembrarmos dos nossos queridos que se foram,com lindas recordações, e que estão bem do outro lado da vida, creio que uma prece, seja muito mais bem vinda por eles. Bjos amiga

Imac by Artes publicou o comentário número:

linda forma de pensar...
Celebrações, carinhos,mimos devem ser oferecidos em vida... Depois que se vai, fica os bons momentos de convivência,de amor, uma saudade gostosa e terna.
Sempre pensei assim mas, respeito quem vai ao cemitério.
Abraços! Uma tarde abençoada.

Paula...(Cotidiano de uma Amig@) publicou o comentário número:

Oi amiga linda do cabelo curtinho...rs. Acabo de vir da Helena, aproveitei que já vinha pra cá e viajei no link...rs.

Tbém não vou ao cemitério em dias programados, ainda sofro muito pela falta dos meus pais...uma saudade que machuca(em mim é assim). Vcs fazem MUITO bem em aproveitar a presença de cada um, como vc disse...uma celebração a vida!

Abração amiga

Ia Maluf publicou o comentário número:

Não sou avessa a cemitério, as vezes até vou para Campinas, ver se o tumulo da minha avó está limpo, levo uma flor. Mas no dia de finados eu não vou de jeito nenhum - também prefiro passar a data com os vivos!

Bjs
Ia

Veronica Kraemer publicou o comentário número:

Adelaide querida, também não gosto de cemitérios, e prefiro ter as pessoas queridas em meu coração.
Achei bonito este post, e penso exatamente como você!
Te desejo um lindo e iluminado domingo
Beijossssssssssss
Vero

patty publicou o comentário número:

Não acredito em cemitérios, igrejas ou qq coisa do tipo. Mas eu já disse que sou do contra, né?
Na minha opinião, o costume de vcs é muito mais bonito e bem aproveitado.



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias