Juramento de Hipócrates


Minha manifestação frente a notícia de que os médicos vão  parar de atender convênios médicos.

Vale ou não vale a pena  atender por convênio? Se acharem que não vale não atendam. Eu só vou em médicos que atendem o meu convênio e ainda os indico aos meus amigos (que tem convênios ou não). Sei que medicina não é profissão. É um sacerdócio. Embora ame esta área sei que não tenho dedicação suficiente, por isso nunca tentei. Admiro quem cursa medicina, depois faz as inúmeras residências para atuar nas mais diversas áreas. 

Mas paciente é alguém que precisa de atendimento. E se não for atendido pelos planos de saúde vão recorrer ao atendimento público, e pasme entre as inúmeras reclamações, existe sim, ótimos atendimentos pelo SUS. E quem sabe, com pessoas mais esclarecidas recorrendo ao SUS este não acaba sendo pressionado a funcionar melhor. Talvez eles (médicos) estejam fazendo um favor a sociedade.

Nessa briga eu sou favorável aos pacientes, e se estes serão negligenciados acho que deverá ser revista essa manifestação. Afinal como a ponta mais fraca, não acho justo simplesmente não receber atendimento pelo serviço já pago previamente.
Eles não estão fazendo algo contra o plano e sim contra seus próprios pacientes. 

Tenha uma ótima quinta feira
Abraços

P.S.: Se tiver paciência leia o texto abaixo é o juramento feito pelos médicos, será que eles com esta atitude estão agindo conforme o que se propuseram a fazer?

O Juramento de Hipócrates foi atualizado em 1948 pela Declaração de Genebra, a qual vem sendo utilizada em vários países por se mostrar social e cientificamente mais próxima da atual realidade

"Eu juro, por Apolo, médico, por Esculápio, Higeia e Panceia, e tomo por testemunhas todos os deuses e todas as deusas, cumprir, segundo meu poder e minha razão, a promessa que se segue: estimar, tanto quanto a meus pais, aquele que me ensinou esta arte; fazer vida comum e, se necessário for, com ele partilhar meus bens; ter seus filhos por meus próprios irmãos; ensinar-lhes esta arte, se eles tiverem necessidade de aprendê-la, sem remuneração e nem compromisso escrito; fazer participar dos preceitos, das lições e de todo o resto do ensino, meus filhos, os de meu mestre e os discípulos inscritos segundo os regulamentos da profissão, porém, só a estes.
Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém. A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda. Do mesmo modo não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva.
Conservarei imaculada minha vida e minha arte.
Não praticarei a talha, mesmo sobre um calculoso confirmado; deixarei essa operação aos práticos que disso cuidam.
Em toda a casa, aí entrarei para o bem dos doentes, mantendo-me longe de todo o dano voluntário e de toda a sedução sobretudo longe dos prazeres do amor, com as mulheres ou com os homens livres ou escravizados.
Àquilo que no exercício ou fora do exercício da profissão e no convívio da sociedade, eu tiver visto ou ouvido, que não seja preciso divulgar, eu conservarei inteiramente secreto.
Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado gozar felizmente da vida e da minha profissão, honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça."

O juramento de Hipócrates é uma declaração solene tradicionalmente feita por médicos por ocasião de sua formatura. Acredita-se que o texto é de autoria de Hipócrates ou de um de seus discípulos. Fonte:Wikipédia

Frio aqui no Sul

Para quem conhece o Brasil sabe que temos os mais variados climas na região Sul, sim aqui por vezes temos calor de 40º C no verão e -4º C no inverno, e o detalhe é que temos que dar nosso "jeitinho brasileiro" para driblar as temperaturas extremas, pois não temos a infraestruturas existente em países onde ocorrem as tempestades de neve, a maioria de nossas casas não tem calefação, ou ar condicionado (aqui ainda não deu para instalar...mudei faz apenas 4 meses e o instalador vem da capital....rsrsrs) 
Trocando em miúdos vou falar sobre algo que talvez as pessoas que morem nos Estados quentes nunca tenha ouvido falar...o "alcochoado de lã de ovelha" . é eu tenho um e só o uso quando temos temperaturas negativas (ou seja fazia uns 4 anos que ele era ventilado higienizado e guardado...rsrs) eis que neste ano ele voltou para a cama. Normalmente são feitos no tamanho padrão o que gera brigas pois um se mexe descobre o outro. Por isso o meu tem 2 x 2,5 m.
Quatro camadas na cama, dois cobertores bem velhinhos, um edredon e ele...o alcochoado de lã de ovelha, que pesa aproximadamente uns 6 quilos. Ou seja te mantém sem se debater muito.

Acima, ele sobre a cama para você ter idéia do tamanho, e como dá para ficar bem aquecido durante toda a longa noite gelada, que quando estamos aquecidos torna-se curtinha.
 Minha obra neste inverno é uma blusa cujo modelo foi escolhido pelo meu cunhado que também comprou uma lã, bem grossa e firme.
 Aqui as costas já prontas.
Aqui nestas duas fotos ela já pronta. As fotos não são o meu forte, e ela ficou bem firme e quente. Meu cunhado é alto e grande, por isso não estranhe o tamanho. Não estou aguentando a ansiedade para vê-lo dentro, quero saber se vai gostar. O que você acha? Sei que ficou igualzinho ao modelo escolhido na revista.  Me conta qual o seu truque para dormir bem no frio?

PS.: Não esqueça de fazer uma limpa nas roupas de inverno que você não usa mais, tem muita gente que precisa delas para se aquecer neste inverno. Eu já enchi 5 sacolas (roupa de inverno faz volume) e entreguei no banco de arrecadação de minha cidade. Se você não fez, ainda dá tempo, vai se anima. Faça alguém dormir quentinho hoje.

Tenha um ótimo dia.
Muita Luz e Paz.
Abraços

Religião x Espiritualidade

Recebi por e-mail e decidi partilhar com você:



As Diferenças entre Religião e Espiritualidade

A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.
A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.

A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.
A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.

A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.
A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: "aprenda com o erro".

A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!
A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto é Deus.

A religião inventa.
A espiritualidade descobre.
A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.

A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.
A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.

A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.
A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.

A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.
A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.

A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.
A religião alimenta o ego.
A espiritualidade nos faz Transcender.

A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.
A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.

A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.
A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.

A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.
A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz conscientes da vida eterna.

A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida.

Dieta Coletiva - novos planos

Aqui no Sul hoje amanheceu com geada, frio de -1ºC vento que eu acho faz parecer que está -10º C, e tem um solzinho tímido começando a aparecer. O lado bom é que hoje não preciso consultar o meteorologista, pois quando temos geada não chove.

Bem se você está comigo desde o inicio da Dieta Coletiva, proposta pela Clau Finotii do blog Força de Expressão, sabe que já convenci a filha a praticar atividade física comigo, mas ...sempre tem um mas... o marido era o único que estava sedentário, ele é magro, precisa da atividade física para se manter saudável, pois ser magro não é sinal de ser saudável. E nesta semana começamos uma atividade aeróbica (estamos correndo pela  cidade 3 a 4 vezes na semana) Ficou de queixo caido me imaginando a super mulher que além da academia ainda sai correndo quilometros pela cidade...rsrs não é bem assim, quem está acima do peso não pode fazer atividades de alto impacto, pois acabam ocorrendo lesões. 

Nosso plano é caminhar uma quadra, corremos uma quadra, quando estivermos conseguindo fazê-lo de forma tranquila, aí aumentamos tipo correr 2 quadras e caminha 1. Sim, marido faz alguns anos corria com supervisão de um amigo maratonista.
O detalhe fica para a minha corrida, que é cheia de graça, desenvoltura e sem grande velocidade (alô! Samantha, Maíra e Marina - se encontrarem um cara alto magro e uma mulher cheia de charme correndo pelas ruas da cidade por favor sem risos....rsrs)

Então com a desculpa de me acompanhar no treinamento marido também está voltando a pratica de atividade física, afinal assim temos mais um tempo em comum, só nosso. Eu sei. Eu também preferiria estar em casa assistindo TV e comendo, mas....(olha ele aqui de novo) o ganho em matéria de saúde é algo muito maior.
Estou assim 5 x por semana 30 minutos de academia com a filha e 3 x por semana caminhada/corrida com o marido. Acho que assim mantenho meu objetivo de saúde. Xô sedentarismo!
Tenha uma ótima semana.
Muita Luz e Paz.
P.S: Logo vou te mostrar minhas artes de tricô....estou produzindo....rsrs

Abraços

Chegou!!!

Estava eu as voltas com meus afazeres domésticos, de avental com farinha até os cabelos, tentando reproduzir uma delicia para o feriado e niver do maridão, quando ouço o som da campainha, coração saltou corri a janela vi o carteiro....gritei um "já vai"... mais eufórico do que eu pretendia, limpei as mãos no avental, claro precisei tirar o avental, corri para o portão e ele perguntou:
- Adelaíde?
- Sim (respondi eu ignorando o acento a mais em meu nome)


Assinei a folha que ele me estendia, com uma pressa que nem sei se o meu nome saiu legível como pede a empresa. Veja você que pacote lindo, eu já esperava por ele, mas é incrivel que a hora em que ele realmente se materializa a sua frente parece que é  algo inesperado..rsrs
 Minha amiga do Clube do Livro Alma Gaúcha é a Elisiane, se você não conhece precisa passar e conhecer..é só clicar aqui.
Olha como veio embalado o livro neste mimo feito com feltro e muito capricho e o detalhe com duas flores são marcadores de livro, que amei...muito. Obrigada Elisiane!

Não vou mostrar o livro pois eu quero ler antes e mostrarei ele a você quando eu for mandá-lo a Zizi que é quem recebe os livros de mim, já falei dela, uma carioca poderosa que tem o blog Idéias da Zizi.

Olha só a aluada aqui, li o blog Alma Gaúcha , via que tem algumas fotos na lateral esquerda onde ela coloca que é fã, e eu olhava a foto o nome e não fazia a associação, pensava assim: Estranho eu parece que conheço esse cara....faz uma duas semanas que vou lá leio o post e olho o cara e penso a mesma coisa....detalhe é um cantor e eu até tenho um CD dele em casa.....kkkk
Isso para você saber como esse mundo virtual é interessante, por vezes não temos nada em comum, em outras temos algumas coisas e até muitas coisas em comum.
Uma coisa é certa sou péssima fisionomista.
Tenha um ótimo final de semana
Muita luz e paz
Abraços

Mary et Max - Uma amizade Diferente

Este filme estreou em: 16 de Abril de 2010


Uma história tocante sobre duas pessoas muito diferentes: a menina australiana Mary Dinkle e o solitário nova-iorquino Max Horovitz. Separados por dois continentes, eles continuam se correspondendo por carta ao longo de 20 anos, compartilhando segredos, dúvidas, ansiedades e uma incrível visão do que ´o mundo ao seu redor. Baseado em uma história real.





Minha opinião: bem eu me reconheci em Max, sabe depois que precisei estudar sobre autismo e Síndrome de Asperger (e trabalhar com uma pessoa maravilhosa que me ensinou muito), descobri que na real todos nós sem exceção deveríamos ser diagnosticados com Síndrome de Asperger, alguns mais leve e outros em nível mais elevados. Max é  um homem de 44 anos, obeso e judeu que vive com Síndrome de Asperger no caos de Nova York. E Mary uma menina pobre, de 08 anos que vive entre o pai ausente, a mãe alcoolatra e a ausência total de amigos.  Então ela decide escrever para um nome escolhido aleatórimente na lista telefônica. E assim começa uma linda história de amizade virtual. Assim como a nossa. A única diferença é que aqui eu escrevo sem que a maioria tenha meu endereço real. Quanto as amigas da Dieta Coletiva...a parte que mais gostei é quando Max fala que acha que deveria existir uma "Fada da Gordura" que assim como a "Fada do Dente", viria a noite e sugava toda nossa gordura.
Amigo para mim é alguém com quem a gente pode contar, mesmo a distância. O simples fato de que talvez um dia, você venha aqui e deixe seu comentário, já me faz feliz. Comecei o blog assim escrevendo sem aspiração, apenas para deixar registrado meus pensamentos e as coisas que aprendi, algumas pelo amor e outras pela dor E quando comecei a ter os primeiros comentários foi uma sensação maravilhosa. Virtual ou não, tem alguém aí que está me ouvindo, digo lendo, e concordando ou não está dando seus pitacos. Obrigada pela sua atenção e presença! Essa interação é o que mostra no filme, e é maravilhosa.
Se tiver um tempinho assista, você entenderá. Se você não tem blog e só passa aqui e lê, veja e você entenderá o prazer de ter amigos virtuais ou nem tanto(sim pois alguns a gente conhece na vida real - né Samantha!).

Ps.1: Quem já assistiu e gostou foi a Paula, uma pessoa linda sensivel e muito amorosa do blog Cotidiano de uma amiga
Ps.2: Quem deu a primeira dica foi a Cintia, uma fofa que mora num oasis de flores lindas doBlog Coisinhas da Cíntia


Muita luz e paz
Abraços

Pontualidade

Então recebi um e-mail que quero dividir com você:

A importância da pontualidade nas reuniões.
Despedida do padre.
No jantar de despedida, depois de 25 anos de trabalho à frente da paróquia, o padre discursa: 
- A primeira impressão que tive desta paróquia foi com a primeira confissão que ouvi.. A pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos seus pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com as esposas dos amigos. Também se dedicava ao tráfico de drogas e havia transmitido uma doença venérea à própria irmã. Fiquei assustadíssimo. Com o passar do tempo, entretanto, conheci uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé.

Atrasado, chegou então o prefeito para prestar uma homenagem ao padre. Pediu desculpas pelo atraso e começou o discurso:
- Nunca vou esquecer o dia em que o padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar.
Seguiu-se um silêncio assustador.

MORAL DA HISTÓRIA: Nunca se atrase.  Mas quando se atrasar, fique de boca fechada!


E esse e-mail veio justo quando eu estava meditando sobre essa "tal" pontualidade que eu insisto em ter e os outros insistem em não considerar. Não sei o motivo que leva uma pessoa a acreditar que pode desperdiçar a vida do outro. Sim pois tempo para mim é vida. E a minha eu gosto de dar o destino que gosto e preciso, não pretendo desperdiçar, por isso faço o máximo para ser pontual em meus compromissos. Me irrita reuniões e afins que marcam um horário, a gente chega e fica esperando pois um "alguém" não apareceu e simplesmente ignoram os que já estão ali com a desculpa de não tornar o evento repetitivo. A mim não importa o motivo que faz alguém se atrasar, acredito que podem existir fatalidades e imprevistos, mas a vida segue e quem é pontual deve ser respeitado.  E se chegar atrasado, fique calado....rsrs. Mas infelizmente não é assim os atrasados são aqueles que entram derrubando ou cumprimentando todo mundo, ignorando o fato que desrespeitou um compromisso.... pior na maioria das vezes as desculpas são tão esfarrapadas. Mas eu não me rendo acredito que um dia as pessoas vão aprender a respeitar as outras. Pois isso é RESPEITO e todo mundo gosta.
Depois desse desabafo, DIGA que você é pontual. Ou pelo menos que se chegar atrasado daqui para frente vai tentar entrar de forma invisível no local. E se é o que organiza eventos e reuniões com horário definido, por favor comece na hora, pois eu sei que existem mais pessoas como eu que desejam ser respeitadas...Embora não pareça que estamos chateados, pois eu sempre lanço mão do meu livro e leio até o evento começar. E depois escrevo um monte para colocar na caixa de sugestões, aquelas solicitações de respeito.

Muita luz e paz
Abraços

A ULTIMA GRANDE LIÇAO - o sentido da vida

A ULTIMA GRANDE LIÇÃO
O SENTIDO DA VIDA
Autor: ALBOM, MITCH / Editora: SEXTANTE
Sinopse:
Cada um de nós teve na juventude uma figura especial que, com paciência, afeto e sabedoria, nos ajudou a descobrir dimensões mais profundas e a escolher nossos caminhos com maior liberdade. Para Mitch Albom, esta pessoa foi Morrie Schwartz, seu professor na universidade. Vinte anos depois, Mitch reencontra Morrie, nos últimos meses da vida de seu velho mestre, acometido de uma doença terminal. Durante quatorze encontros, eles tratam de temas fundamentais para a felicidade e realização humana. É uma lição de esperança sobre o sentido da existência, em que a experiência e reflexão são transmitidas de forma simples e comovente, que transformou a vida do autor e, que ele quis registrar como uma dádiva de Morrie para o mundo.


O Clube do Livro Alma Gaúcha é uma proposta da Lysi Brinhosa e eu estou participando, a minha amiga que receberá este livro em breve é a Zizi do blog Idéias da Zizi.
O motivo que me fez escolher este livro em especial, é que eu o uso como livro de cabeceira, sabe aquele  que você já leu e quando não tem mais nada para ler você vai pega e começa a ler outra vez? Eu sou assim com esse. Ele foi um divisor de águas para mim. Posso dizer que eu antes dele eu largava tudo e saia desesperada para prestar minha solidariedade a quem me pedisse e se não pudesse sofria horrores a distância. Depois dele eu descobri que todos tem suas vidas, seus amores e seus afazeres. Não podem abandonar tudo para ficar cuidando do outro em tempo integral, e isso não deve ser um peso para a nossa consciência... Eu sei você está estranhando, pois a maioria das pessoas não é assim. Mais eu era aquela que largava tudo e ia acudir o mundo. Descobri que tenho como socorrer o mundo sem abandonar o trabalho ou minha vida, minha mente aceita melhor quando eu digo - Ok! eu vou assim que der.
Se você não pertence ao nosso Clube do Livro, dá uma procurada esse livro vale a pena ler. Embora esteja classificado em Auto Ajuda, não é massante e nem fica dizendo como você deve fazer para obter isso ou aquilo, é apenas a narrativa do discipulo na presença do Mestre em seus últimos meses nesta dimensão. A parte que eu mais gosto:
Quando ele pergunta a Morrie, se ele tivesse 24horas de saúde perfeita, o que ele gostaria de fazer, ao que Morrie responde:
- Reuniria aqueles que amo, comeria bem, beberia a minha bebida favorita, dançaria muito e depois sentariamos no jardim observando o céu.
 
Já pensou nisso? O que você faria com 24 horas gozando de plena saúde? Eu sei que tenho feito assim desde que li o livro, vivo sempre aproveitando minhas 24h de saúde plena.
 
Muita luz e paz em sua vida
Abraços

Dieta Coletiva

É, eu tenho que manter o foco,  no mês de Julho pretendo visitar minha amiga Fernanda que está morando em Fortaleza. Por isso, sem culpas ou neuras, acredito que a melhor esteira que existe para a gente é essa do quadrinho acima, e para fazer a exposição da figura sem que os outros sintam-se agredidos, devo aproveitar o inverno para reduzir medidas e estar confortável na esteira no verão. Continuo com o plano por mim proposto de redução de medidas.

Lembrando a todos que passam por aqui a mais preciosa de todas as recomendações de médicos e nutricionistas, um dito popular que repetimos com frequência, mas poucos praticam:

"Tome o café da manhã como um rei, almoce como um príncipe e jante como um plebeu." Na prática: Tomar um café da manhã com equilíbrio e rico em nutrientes.

Veja o que disse a nutricionista Fabiola Herrmann á Gazeta do Povo caderno Viver Bem:
“Ocorre que, durante a noite, gastamos muita energia e nutrientes. Um bom café da manhã serve para repor tudo o que é gasto durante o sono, para dar energia e disposição” A qualidade do desjejum está, principalmente, no equilíbrio de carboidratos, proteínas e vitaminas. Pães, leite, queijo, iogurte, frutas e cereais são importantíssimos para repor o que foi consumido durante o sono e para dar fôlego necessário para o novo dia. E não só isso. A alimentação saudável ajuda no emagrecimento e na prevenção de doenças, além de auxiliar no bom funcionamento do intestino. “As fibras dos pães integrais, por exemplo, são ótimas para quem tem problemas de saúde intestinal”, 

Saiba mais clicando aqui

Bem eu estou nessa onda de tentar me adequar, pois sempre comi mal pela manhã e descontava no almoço. Agora é o inverso, pretendo atingir meu objetivo sem pressa, afinal foram alguns anos ganhando peso, se perdê-lo todo em um único mês a flacidez será algo presente em minha vida, para evitá-la estou mantendo a atividade física em alta.
E você anda tomando seu café da manhã direitinho? Esqueça o papo de não tenho fome. A gente tem que nutrir o corpo. Não se encher de comida. Pense no assunto, você verá que sairá ganhando em saúde. (pelo menos é o que os médicos e nutricionistas, dizem e eu estou acreditando...rsrs)
Tenha uma ótima semana
Abraços

Força física x paciência

Sabe quando duas pessoas são diferentes mas totalmente complementares? Sei, as vezes fica difícil explicar, mas a melhor maneira de demonstrar isso é falando de como eu e o Marido matamos os pernilongos. Ele observa atentamente e ao desferir o golpe suavemente faz com que o pequenino inseto desenvolva uma piruta que o impulsiona ao chão.
Eu quando tenho esta triste tarefa, acerto um golpe com força necessária para fazer o tal inseto ficar gravado na parede como uma tatuagem....o que faz com que eu seja o motivo de piadas pois quem tem que limpar depois sou eu, mas assim sou eu, uma pessoa delicada tal qual um elefante.

veja na foto a prova da minha delicadeza...
Quando marido tentou me ensinar a jogar tenis, foi um desastre as bolas que acertei foi com tanta força que parecia que tínhamos brigado antes de entrar em quadra.....não sei porque ele nunca mais tentou.....
Não tenho a paciência suficiente para aguardar que a bola desenvolva a sua trajetória, ou que o pernilongo repouse suavemente na parede para então acerta-los. Tenho em mente apenas o objetivo a ser alcançado e a pressa em fazê-lo. Tenho treinado e me policiado bastante para que esta caracteristica peculiar não atrapalhe minha vida em outras áreas. Sim pois eu sempre fui assim, era aquela criança que ganhava um brinquedo que brincando quebrava, sem querer, fui uma adolescente com toque de Midas, tudo o que eu tocava já era, mas na vida adulta consegui administrar, bem sem destruir tudo a minha volta, mas tive algumas recaídas, como a vez que sai em Curitiba com um guarda-chuva desses grandes, e fui batendo em todo mundo do cobrador até o final do ônibus não teve ninguém que não tenha sido tocado por mim de alguma forma....rsrs Nunca mais usei esse guarda-chuvas, agora só sombrinhas pequenas. Se não posso controlar vou driblando.
E você é um ser humano delicado para determinadas ou para todas as tarefas, tem paciência para aguardar o momento certo de agir? Ou também como eu segue a vida por impulso?
Muita luz e paz!
Abraços

O maravilhoso Mundo Virtual

Lembra quando eu estava me mudando? Não! Nem eu.....kkk Gentem foi agora em Fevereiro e euzinha aqui,  em Janeiro, na maior cara de pau entrei num blog maravilhoso o Ah, Lá em casa, pedindo dicas da cidade e olha que as meninas me socorreram direitinho. Assim quando vim para procurar casa, Colégio (para minha filha) e mercados, já sabia exatamente o que esperar ou procurar, tenho muito a agradecer a Maíra e Marina, o blog dessas irmãs maravilhosas é muito legal, elas são muito criativas, passa lá para conhecer.
Já quando ganhei o sorteio no blog da Margaretss (essa mulher mega criativa), uma pessoa que leu o post e sendo moradora daqui da cidade, deixou comentário no meu blog e começamos a conversar via msn.
Marcamos várias vezes de nos encontrarmos para um café, mas sempre acontecia algo e nós não acontecia, ontem eu estava no banco quando decidi ligar e perguntar para a Samantha do blog Um pouco de tudo,  se ela queria tomar um café, que se transformou em suco de laranja.....rsrs (mistério da alquimia do desejo momentâneo...rsrs) e assim conheci uma pessoa comunicativa, linda que reside nesta mesma cidade....assim através desta corrente de amigos do Maravilhoso mundo virtual.
As fotos.....bem não tem fotos, pois foi algo bem improvisado, para dar o ponta pé inicial num amizade real, será?
Coisas inusitadas que acontecem através deste contato virtual, facilitando a nossa vida real. E você já aproveitou na real o contato virtual? Ou sou apenas eu a cara de pau que se aproveita do lado bom de ter amigos virtuais?

Muita luz e paz
Abraços

O amor acontece - Filme

Sinopse


Burke Ryan (Aaron Eckhart) é um escritor viúvo, autor de um livro sobre como lidar com as perdas. Seu trabalho logo se torna um best seller, o que o torna uma espécie de guru da auto-ajuda. Em uma viagem a negócios para Seattle, ele conhece Eloise Chandler (Jennifer Aniston) e por ela se apaixona. Só que, ela percebe que na verdade ele ainda não conseguiu superar a morte da esposa

fonte: Aqui
O filme começa parecendo um romance agua com açúcar, mas se desenvolve de uma forma muito gostosa. Digo isso com base em minha história de vida que ao longo de 10 anos despedi-me de 10 familiares e amigos (entre eles meu pai e meu cunhado querido) que mudaram de dimensão. E o filme mostra de modo claro, o enfrentamento da dor, a culpa e medo, coisas necessárias para nossa evolução, mas que quanto mais evitamos, mais sofremos e menos vivemos plenamente a nossa história. Sim temos que viver intensamente, independente  da dor que assola nosso coração, precisamos retomar ao dia-a-dia sem lamentar a morte e sim celebrando a vida. O tempo que passamos juntos é o que vale.

Se você já teve momentos de despedida, ira entender com sua alma o filme. Se você ainda não enfrentou, assista assim mesmo para que você tenha seu coração fortalecido para este momento que é a nossa maior certeza da vida, a morte.

Muita Luz e Paz

Aniversário de Casamento?

No post anterior eu contei para vc que após 1 mês nós fomos morar juntos tivemos 3 términos e voltamos e um belo dia oficializamos a união. Se achas que em sua vida falta romantismo, é porque você não conhece meu marido....rsrs Foi a convivência comigo que transformou ele numa pessoa mais lúdica. Nessas nossas idas e vindas ele me pediu em casamento três vezes, com seu jeito único de ser.

1ª vez: Eu trabalhava não tinha plano de saúde e precisava fazer o meu check-up médico anual - ele me propôs nos casarmos para eu poder usar o plano de saúde dele.....rsrs

2ª vez: Iríamos para a praia e estávamos economizando para comprar o apartamento ele propôs casamento novamente para não gastar com a diária e assim poder ficar na associação da empresa que ele trabalhava....rsrs

3ªvez: Faziam 3 anos que eu não tirava férias e ele falou que se eu me casasse a empresa teria que me liberar por 5 dias.....casei......kkkk

Somos opostos e certamente o que nos uniu foi isso, mas o que nos mantêm juntos são as coisas nas quais somos iguais, por exemplo:
- Não acreditamos no papel, hoje ele faz 20 anos, mas como diz o marido, cada vez que voltamos é uma data de casamento e se formos comemorar passaremos o ano inteiro em festa, por isso fazemos assim, comemoramos quando estamos a fim. Não usamos aliança por acharmos que é apenas um símbolo e o que vale é o que temos no coração. Quanto temos vontade nos damos um belo jantar ou um presente. Marido não fala muito "Eu te amo" mas eu digo por nós dois e sempre pergunto:
- Você já disse que me ama hoje?
- Você sabe. (ele responde)
- Mas adoro ouvir (eu digo)

Existem dias em que ele fala espontâneamente e eu faço a maior festa. Ou brigo, perguntando o que ele andou aprontando que está com a consciência pesada....rsrs
Somos iguais e extremamente diferentes, e o que eu mais amo em meu marido é o que eu mais odeio.
  • Amo ele ser uma pessoa caseira, que faz tudo para estarmos juntos (eu ele e minha filha), não importa onde se estivermos os 3 juntos estamos bem.
  • Odeio ter que rodar a baiana cada vez que quero sair, ir a um show ou festa, pois para ele estar em casa com a família basta....rsrs
Assim somos nós um casal que tem a promessa de ficar apenas 150 anos juntos. Depois disso cada um vai para o seu lado.
Ah! o fato de termos oficializado no dia 13/06 é que foi a data em que caiu os exatos 15 dias dos proclamas. Não foi programado nem feito promessa a Santo Antônio. Afinal uma coisa em que eu não acreditava era em casamento....rsrs



Dia dos Namorados


Não vou mentir para você ....mas sou uma pessoa que nunca NUNCA namorou, por isso não tenho como saber a emoção de ganhar presentes neste dia. Para mim é um dia que o comércio explora de forma fantástica. E as pessoas se torturam por não terem de quem ganhar ou para quem dar presentes nesta data.
Ah....você vai dizer:
-Mas você se casou, como assim não namorou?
É sou a precursora do termo "ficar". Na minha adolescencia eu não tinha tempo para namorar e nem saco, pois eu queria ganhar o mundo viajar, e morando no interior os meninos não tinham as mesmas idéias que eu, achavam que existia as coisas de menino e de menina. Por isso estar comigo por um final de semana, beleza. Já quando eu ficava com alguém uma segunda vez, era muito. Aqueles que achavam que me namoravam recebiam um educado "fora" na terceira semana. Beijei muito, dancei muito e me diverti pra valer com meus amigos. Um dia conheci um cara e fiquei com ele durante um Carnaval, na praia.....

Ao retornar para a cidade nos encontramos e ficamos juntos mais 2 vezes.  Fomos morar juntos 1 mês depois de nos conhecermos... No início brigávamos muito terminamos por 3 vezes e voltamos. Nas nossas brigas eu sempre sentia muita raiva, pois ele não é de briga, virava as costas e não reagia, eu queria destruir o mundo por uma reação dele. Então nosso Dia dos namorados se não estavamos brigados estavamos casados. Depois de 7 anos tive minha filha e agora....

O que fazemos no dia 12 de junho? Um jantar diferente em família.

Desejo a você um Ótimo dia dos namorados, cheio de muito amor, se você não estiver namorando que seja o amor dos familiares, amigos, do gato, cachorro, passarinho ou tataruga. Se você não está namorando ninguém não se estresse, curta a sua vida, seja feliz. Se ame. Felicidade não deve ser tercerizada. Seja feliz hoje amando alguém ou não. E se ele(a) não aparecer com o seu tão esperado presente lembre dos bons momentos em que estiveram presentes, isso é o que realmente vale.
Tenha um ótimo final de semana
Muita luz e paz

Entre a vida e a morte - Filme

Um ex-condenado é sentenciado à morte e se vê após a sua injeção letal trabalhando numa pequena cidade do interior. Quando lhe contam que ele recebeu uma segunda chance de Deus, começa a se questionar se ele realmente morreu. Fonte: aqui

Na quarta-feira assisti a esse filme e quero dividir com você, ele está classificado como suspense, e nos leva a uma reflexão importante, pois o protagonista é um ex-presidiário que trabalha, tem uma mulher e uma filha, ao ficar desempregado acaba voltando a vida criminosa e é condenado a morte. Ao acordar trabalhando em um sanatório questiona o que aconteceu e recebe a informação que está tendo uma nova chance de fazer tudo de forma diferente, mas ele sente saudades da mulher e da filha. A idéia é fantástica, mas fica aquela coisa de paternal onde a gente torce pelo "mocinho" que na real é o bandido. E o final fica claro que nós não merecemos uma chance quando erramos duas vezes pois não abrimos mão da nossa história nunca. 

Bem veja o filme e me conte o que você achou.
Eu tenho a "minha verdade", e confesso que meus questionamentos foram abalados pela ótica do filme. Acredito em levar a vida pensando antes de agir. Eu penso no quanto minha família pode ser afetada pelo meu ato, e olha que sou megahiper impulsiva. Aqui mesmo no blog, procuro colocar minha opinião de maneira que cada familiar ou amigo saiba que sou eu, aquela que eles conhecem tão bem que está escrevendo e não alguém escondido em um texto bonito, ou em meias verdades. Assim são meus atos e minha vida. Sou feliz por saber que posso mudar de idéia, mas sempre valorizo cada nova oportunidade de minha vida. Se erro e tenho uma segunda chance, faço o máximo para não incorrer no mesmo erro, pois sei o quão valiosos são os meus amores desta vida.

E você o que acha de quem tem uma segunda chance? Acredita em recuperação do ser humano? ou como diz o médico House no seriado homônimo: "People no change - people lie" (as pessoas não mudam - as pessoas mentem). Qual a tua verdade sobre este assunto?

Essa postagem foi programada, hoje estarei tratando de assuntos de gente grande ...rsrs (Eu sou a prova viva do ditado do House... Eu minto para o mundo que cresci, mas aqui dentro sou uma eterna criança, que sonha em morar na Terra do Nunca...rsrs - filhinha mamãe vai crescer só por um dia tá?)
Abraços


Educação e Família

Quando falei aqui sobre o aluno que levou maconha para apresentar o trabalho escolar, ou sobre a tal educação que vem de berço, a reflexão sobre este assunto deixou-me com a seguinte constatação, a culpada de tudo é a família que segundo a construção que consegui formular através de minhas vivência e comentários seria a família desestruturada, onde cada um vive por sí. Mas essa não é a "minha verdade", pais que trabalham demais e por esse motivo não tem "tempo" para acompanhar os filhos não é desculpa.

Creio que agora é o momento de o Estado passar a responsabilizar mais a família. Sim pois ser filho de viciado em drogas, que acreditam que só a violência resolve, ou de pessoas que trabalham em excesso. Não é uma novidade do mundo moderno. Olhemos a nossa volta, conversemos mais com as pessoas de 40 e tantos anos e veremos que já era assim.

Minha história:
Sou a terceira filha de uma família de 4 irmãos, meu pai encarregado de  almoxarifado trabalhava em horário comercial e voltava para casa fazendo via sacra pelos bares do caminho, chegava em casa e dormia, minha mãe trabalhava das 08 as 20h., como balconista em uma loja de confecções e quando chegava em casa ia direto para a maquina de costura complementar a renda familiar. Eu aos 11anos estudava pela manhã, trabalhava fora a tarde, cuidava de minha irmã de 7 anos, voltava para casa e fazia as tarefas escolares com ela, limpava  a casa, lavava a roupa e ajudava a preparar as nossas refeições, ainda achava tempo para jogar futebol de campo, futebol de salão, handball, volei e ficar com os amigos até uma 23h. Aprontei muuuuuito, quebrei vidraça, subi no telhado, esvaziei pneu de carro, fiz guerra de bolinho de barro, andava de bicicleta (dos amigos). E ainda tinha que prestar contas de minhas tarefas escolares, pois caso contrario, notas baixas ou ser chamado na escola era motivo para surras épicas....
Naquela época, trabalho infantil não era crime, por isso sempre trabalhei. Ah! e minha professora de matemática ela era perfeita, competente, mas se depois da explicação dada você não pedisse para ela explicar de novo, e ela o mandasse ao quadro fazer o exercício e desse aquele Branco, ela falava em alto e bom tom:
- É burro, porque não pediu para explicar de novo, seu burro!
Hoje ela seria presa, mais foi a melhor professora de matemática que já conheci (tá para mim ela nunca falou isso...rsrs) os pais a idolatravam, pois quem estudava com ela aprendia.

Eu aos 11 anos era responsável pela minha irmã de 7anos e como tal ia as reuniões escolares, (que previamente a minha mãe já tinha avisado a diretora da escola, afinal ela não tinha tempo para ir até a escola, mas eu traria a ela tudo o que fora tratado) e como tal era respeitada e ouvida.

Das pessoas que cresceram comigo, que tiveram os mesmos parâmetros de educação e com quem ainda mantenho contato...todos sobreviveram, são ótimos cidadãos nunca mataram, roubaram, ou atearam fogo a alguém.

Agora chego a constatação que a culpa de tudo (sim tem que existir um culpado) é dos tais estudiosos de comportamento que ficam sugerindo Leis que ao invés de ajudarem só atrapalham. Entendo que seja crime uma criança trabalhar em uma mina, ou sem os devidos meios de garantir sua integridade física.

Mas antes dos 16 anos eles já devem saber o quanto custa o dinheiro que eles querem gastar. Mas e o Conselho Tutelar e o ECA? Infelizmente eu acredito que eles foram criados com boa intenção mais fugiram ao propósito.
Afinal um menino de 12 anos preso pela 4ª vez por furto solto logo em seguida para voltar a mesma vida.... Se estivesse trabalhando não aconteceria isso.

Alguém mais vem de família desestruturada (segundo os estudiosos) mas que teve amor, carinho e sobreviveu? Só eu tenho a impressão que essa "proteção" está prejudicando nossa sociedade?

Muita luz e paz!
Abraços

Bens materiais

É eu mudo bastante de residência, e com isso aprendi o desapego, sabe aquela caixa com cartas de amigos da infância? Jogos de taças/copos de crital? Porcelanas? O que não quebrou e foi fora, está trincado ou rachado. Sofá detonado. Mas mesmo assim eu amo meu lar.

Existem coisas que mesmo trincadinho ou lascadinho a gente guarda por saber que tem uma história legal, ou para lembra-lhe de um sonho de infância. Da minha infância tenho a memória (péssima, ainda bem que passou, adolescência também trago na memória afinal eu sobrevivi)

Sabe aquela lembrança que alguém lhe traz de uma viagem? costumo guardar aquelas que realmente me trazem alguma vantagem. Quando minha madrinha foi a Grécia eu fiquei mais feliz do que ela, pois me senti lá, ela me trouxe uma lembrança que sempre mantive a vista para quando eu for até lá......

Essa miniatura me mantém com vontade de conhecer o berço da civilização, que talvez nem seja tudo aquilo que imaginava na minha adolescência, mas é uma vontade antiga.

Não sei se a escrita aí é original, pois ultimamente a maioria das coisas vem da China....rsrs. Nesta última mudança ele chegou em casa lascadinho.....

Eu acho que ficou até mais encantador.....rsrs Vendo revistas de decoração e alguns blogs amigos que tratam deste assunto, vejo coisas lindas com vários livros, esculturas ou vasos expostos, mas embora ache que fica maravilhoso, na minha casa tenho somente o necessário, ou o que eu uso com alguma finalidade prática, não para decorar....rsrs. Não eu não tenho vários objetos/vasos ou outras coisa assim.

O que você guarda com uma finalidade definida, embora não programada? Você já parou para analisar suas "tralhas" para saber se realmente faz sentido ter aquilo, ou se o melhor era ter o espaço vago.

Comigo essas mudanças ajudaram bastante o meu desapego. Sou apegada a quase nada. Diga-se de passagem meu sonho de consumo é na próxima mudança, ir apenas com a roupa do corpo, meu marido e filha. Sou normal ou preciso de terapia?
Abraços

Dieta Coletiva - Pudim

Para satisfazer as necessidades especificas de nosso organismo, sabemos que devemos ingerir abóbora e abobrinha, dentre outros. Mas como fazê-lo se não suportamos o seu sabor?
Minha filha tem verdadeiro horror a estes dois itens em específico (no restante come de tudo, mas...), quando faço não consigo que ela consuma uma quantidade suficiente, para obter os benefícios contidos neste alimento. Só que estes dias acabaram, assistindo o "Paraná TV" vi em um quadro sobre nutrição, que eles deram a receita de um Pudim de abobrinha de baixas calorias e muito nutritivo, não tive duvidas, fiz neste final de semana para a sobremesa.

Veja como ficou bonito, e para variar ficou muuuuito gostoso. Eu indico para quem tem dificuldade de comer abobrinha, ele fica suave, não é muito doce.
Ainda não contei a minha filha que tem abobrinha no pudim, afinal ela não perguntou e repetiu várias e várias vezes. Vou fazê-lo eventualmente. Um dia ela verá, até lá já terá acostumado o paladar. Ou quem sabe ela lê aqui....(filha eu te amo - faço tudo para você ser saudável e feliz).

Você quer experimentar? Copia a receita.
Ingredientes:
 6 ovos
1 lata de creme de leite
1 lata leite condensado
6 colheres (sopa) de farinha de trigo
6 abobrinhas pequenas cortadas sem sementes. Pra quem preferir um efeito 'areado' poderá usar as sementes
Modo de preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador.
Preparo da calda: Derreta um pouco de açúcar já na forma e faça um caramelo, depois coloque a mistura do liquidificador e asse por mais ou menos 1 hora em banho maria. Coloque na geladeira e depois sirva.

Para saber:

Abobrinha é Composta de aproximadamente 94% de água, a abobrinha é um dos vegetais com menores taxas calóricas, uma xícara dela crua e fatiada possui menos de 20 calorias. É, ainda, uma boa fonte de vitaminas A, C e folato. A abobrinha é ótima para ser consumida crua, como salada ou apenas fatiada, ou suplemento de diversos pratos, como lasanhas, carnes e molhos. Na compra, deve-se optar pelas firmes e pesadas. Pode ser conservada na geladeira, mas estraga com facilidade. Fonte aqui

Bem não fui a academia quinta e sexta-feira, também não caminhei por estes 4 dias, culpa  da gripe ou resfriado que possuiu a mim e ao marido, obrigando-nos a um repouso físico. Eu igual a qualquer esposa/mãe durante meu repouso, preparei todas as refeições para a família, mediquei meu marido nos horários estabelecidos, fiz chás e infusões, organizei a casa e fiz a sobremesa do final de semana, tricotei uma polaina para a minha filha que mostro em outro post. Hoje estou me sentindo bem melhor já  voltei a rotina normal, e a frequentar a academia, sair caminhar com o marido, cuidar da casa e terminar meus trabalhos de tricô, ler meus livros e navegar pelos blogs. Me aguarde logo vou deixar meus comentários em seu blog.
Tenha uma ótima semana
Muita luz e paz

Gripe

O que é a vacina contra gripe?
Imuniza você por 12 meses, é o meio mais eficaz de prevenção da gripe e suas complicações. A vacina atua de modo a ensinar o sistema imunológico a concentrar suas forças para um contra-ataque rápido. Como os vírus apresentam mutações constantes nos seus antígenos (alvos imunológicos), hemaglutinina (HA) e neuraminidase (NA), isso impede que os leucócitos B e T, treinados pela vacina anterior, venham a se juntar a eles; por isso, uma nova vacina sempre deve ser produzida com os vírus das temporadas anteriores.

Qual a época ideal de vacinação?
É o outono, no Brasil entre os meses de Abril e Maio.
(Aqui no Sul eu acho que deveria ser em Fevereiro e Março).

Quem deve ser vacinado?
Todas as pessoas a partir de 6 meses de idade, que queiram se proteger da gripe e de suas complicações, podem ser vacinadas.


Além disso, são considerados indivíduos de risco e que devem receber a vacina:
•pessoas com mais de 60 anos;
•adultos e crianças com problemas pulmonares e cardíacos como asma, enfisema, bronquites crônicas, tuberculose e hipertensão;
•fumantes de uma maneira geral;
•gestantes a partir do 3º mês;
•pessoas com doença renal crônica;
•pessoas anêmicas;
•pessoas doentes que estejam em fase de tratamento que reduz a imunidade (quimioterapia e portadoras do vírus HIV);
•diabéticos;
•pessoas que não possuam alergia às substâncias que compõem a vacina;
•pessoas que dormem em grandes grupos como os albergados;
•todos os indivíduos que convivem com esses grupos e profissionais da saúde de uma maneira geral.

Porcentagem de reações com a vacinação

Os eventos adversos referidos após a vacinação são pouco freqüentes, podendo surgir vermelhidão e inchaço discretos (nos locais da aplicação) e, raramente, febre, mal estar, mialgias, erupções cutâneas... Essas reações, em geral, desaparecem em 24 a 48 horas, espontaneamente. Reações leves são raras, podendo ocorrer em 5% dos casos. Reações graves são muito mais raras, podendo ocorrer em menos de 1% dos vacinados.

Quem já foi vacinado pode ter gripe ?
Sim. Existe a possibilidade de uma pessoa ter gripe, sendo que esta pode girar em até 30%. O insucesso da vacinação em alguns casos pode ser explicado pelos seguintes motivos:
•o vírus que causa a gripe pode pertencer a três famílias diferentes do vírus da gripe: A, B e C e, em cada família existem muitas cepas virais (sub tipos de vírus).
•Para a vacina ser 100% eficiente é necessário a coincidência entre os subtipos do vírus infectante e os que compõe a vacina. Apesar das vacinas contra gripe serem individualizadas para cada país, o movimento constante da migração de pessoas por vezes transmite um subtipo não previsto para aquele país.
Entretanto, uma pessoa vacinada, mesmo tendo gripe, apresentará sintomas mais fracos.
Quer Saber mais vai até o site http://www.vacinacontragripe.com.br/

Estou contando isso para você pelo seguinte motivo: Eu e minha familia toda nos vacinamos sempre, sou adepta da máxima: "Se Deus nos deu inteligência foi para usar." Portanto, se existe vacina para imunizar porque ficar doente?
Mas tô em cacarecos, "peguei" algo por aí, estou com olhos lacrimejantes, coriza. Aí você pode pensar que é a gripe, e dizer: Viu, se vacinou e não adiantou! E eu vou te contar que adiantou sim! Não estou com febre, nem dores no corpo. Ou seja faz 2 dias que estou com os sintomas brandos da gripe. Sou prova viva que vale a pena a vacina, eu tomei na rede particular de vacinação custou R$ 60,00 tive uma reação alérgica no local da aplicação, coçou um pouco e ficou vermelho por 4 dias. Mas ano que vem vou fazer novamente.
 
Esse é o motivo, de hoje não ter um texto ou uma foto mal tirada por mim. Apenas algumas informações e talvez vários erros de digitação pois não estou conseguindo ficar olhando para a tela, que começam a brotar lágrimas...... Vou ficar em repouso neste final de semana e volto na segunda-feira com força total.
 
Bom fim de semana a todos
Muita luz e paz
Abraços 

Educação vem de berço

Recentemente, quando eu tinha meus 12/13 anos (huuuummm), cheguei do colégio no horário de almoço, falando pelos cotovelo, motivo:
A policia tinha prendido um fugitivo que era conhecido pela alcunha de "DIABO", as histórias acerca dos confrontos dele com a policia eram fantástica. Sim corria a boca pequena que ele em fuga dos policiais, havia pulado um muro de 5 metros de altura (oiiii!!....interior 10.000 habitantes...nunca vi muro nem de 2metros que dirá de 5), ele rolando no chão e 10 policiais atirando contra ele não pegou nenhuma bala (depois descobri que na cidade nunca existiu 10 policiais), mas na hora eu falava como se fosse um super bandido, blindado.
Meu pai ouviu tudo atentamente, terminou o almoço, deu-me um dinheiro e mandou-me a mercearia para comprar maços de cigarro. Quando regressei ele já tinha algumas revistas em mãos, convidou-me a ir a delegacia com ele. Ao chegarmos lá ele conversou com o atendente da época e nós entramos lá no meio das celas para conversar com o "DIABO" (não existia superlotação na cadeia).
O que eu vi:
Encontramos ele magro, cabeludo e barbudo, um homem judiado, não o herói as avessas que eu estava imaginando.Um rapaz normal que havia sido terrível em sua adolescencia e jurava nunca tinha roubado nada, meu pai conhecia ele e toda a família, apresentou-me e conversou com ele. Na volta para casa ele me contou a história toda do rapaz e frisou que o caminho escolhido por vezes não é tão glamouroso quanto parece. Após me deixar em casa, meu pai foi trabalhar.

Conto um fragmento da minha vida para levantar a seguinte questão onde está  a família na hora que as crianças precisam. Sim pois ontem comentei da hipocrisia de punirem uma professora por um ato impensado de um aluno. E os responsáveis pelo aluno? Que não estão ouvindo o filho e acompanhando a seus estudos.

Se a atitude de meu pai foi certa? Eu acho que foi ele me ouviu e percebeu que eu estava com uma ótica difusa de um caso policial e fez o que estava ao seu alcance, sacrificou 1 ou 2 horas de seu trabalho.
"Escola é um local de transmissão de conhecimento
Educação vem de berço."

Precisamos curar nossas famílias, não é responsabilidade do MEC ou da Secretaria de Educação, ou de qualquer outro órgão. Além de ganhar pouco ao professor é vedado um monte de coisas, graças ao dito politicamente correto. Vou reafirmar. Folheto não ensina ninguém. Só aprendemos pela dor ou por amor. E a dor ensina bem mais rápido. O amor da família evita que tenhamos que sofrer para aprender.
Muita luz e paz
Abraços

 PS.: Mais tarde descobriu-se que marginais se aproveitavam da fama do rapaz em questão para cometer furtos enquanto ele estava na cidade. Ele foi inocentado em um Júri popular, que eu queria ir mais não tinha idade....rsrs Ao encontrar com meu pai na rua ele agradeceu e despediu-se dizendo que não voltaria para a cidade nunca mais. Os verdadeiros culpados acabaram presos. Não sei como foi o julgamento pois os outros não tinham fama.... Até hoje em encontros familiares lembramos de fatos como estes que antes eu julgava como uma excentricidade de meu pai, hoje sei que foi atenção a nossa educação.





Maconha em trabalho escolar

"Aluno leva maconha para sala de aula em trabalho sobre drogas" manchete no jornal Gazeta do Povo  - a professora passou um trabalho com tema livre e o aluno fez sobre drogas. Pai de estudante acusa professora de ter encorajado estudante a manipular entorpecentes.
Um trabalho em sala de aula sobre maconha virou tema de sindicância e investigação policial ontem (dia 27/05/2011), em Curitiba. Durante uma apresentação na disciplina de Artes, na 8.ª série do Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima, no bairro Tarumã, um estudante teria levado a droga e mostrado aos demais alunos
tem mais:
A Secretaria da Educação informou que a professora que ministrava a aula foi afastada e que abrirá uma sindicância para investigar a atitude da docente. Na nota enviada à Gazeta, a Seed relata que a sindicância “poderá inclusive culminar na exoneração dela do quadro próprio do magistério da rede estadual de ensino”. O nome da professora não foi informado.
Quer saber mais clica aqui


Agora vou me manifestar:

Fiquei pasma ao ver a que nível de histeria se encontra a população, pois o aluno teve que pesquisar o assunto a fundo,(internet tem muito texto sobre o assunto, ensina até a plantar), digitar e depois fazer a apresentação para a turma, não apenas mostrar a droga.. Resta saber como foi a abordagem do assunto, se realmente ele falou dos efeitos benéficos e dos danos possíveis. Se ao apresentar o trabalho o fez com domínio sobre o tema, e dentro da formatação exigida pela professora. Pois se cumpriu todos os requisitos e "se" levou a droga para apresentar seu trabalho, deve sim ganhar nota 10, por ter ido a fundo na defesa do que estudou.

Como mãe sempre converso com minha filha e sei do risco que estão expostos nossos jovens. Sabemos que drogas são fáceis de encontrar, e além de tudo se só assustarmos nossos filhos, estes ao primeiro contato tendem a cair no gosto, por achar que mentimos. Não sou usuaria de drogas ilicitas, mas sempre pauto que a droga deve dar uma sensação boa, caso contrario a pessoa usaria uma vez e nunca mais voltaria.

Estes pais de alunos, deste colégio deveriam agradecer por ser este um local onde os alunos sentiam-se a vontade com os professores para fazerem seus deveres, sentimento este que agora está abalado.

Antes de pesquisar um assunto terá que ser visto se isso não vai parar nas páginas policiais. Um trabalho escolar só ganha nota máxima se for de impacto. E este alcançou o insuperável.

Parabéns ao Colégio pela segurança transmitida por seus educadores na hora da execução do trabalho. Eu adoraria conhecer esta professora e creio este aluno merece uma medalha pela coragem.

Quanto ao pai que tirou a filha do Colégio, sinto informar mas o mundo não é perfeito, se a sua filha não souber o que é a droga, ela nunca vai evitar o uso.

Folhetos informativos não ensinam ninguém. Se ensinassem, a AIDS estaria praticamente extinta, não existiria ninguém morrendo de câncer de mama, tuberculose ou com doença sexualmente transmissivel. O que ensina é o choque, ver um soro positivo em fase terminal. O mesmo vale para as drogas.


Tenha uma ótima quarta-feira.
Muita luz e paz
Abraços


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias