Despedida

Escrevo estas mal traçadas linha, para despedir-me de vocês....não sei se amanhã estarei nesta dimensão, fato é que fui acometida por alguns sintomas muito bizarros.........eu que sempre tatuei pernilongos pelas paredes, depois de várias tentativas frustradas, hoje adentrei em meu banheiro e observei um pernilongo vindo em minha direção, não tive dúvidas usei minhas duas mãos para bater palmas no feroz inseto que tombou inerte, totalmente sem vida, quando viro para o box vejo uma mosca, então projeto minha mão sobre ela que também é arremessada ao chão, sem quebrar o box e sem deixar uma marquinha sequer no vidro...coisa totalmente inédita em minha vida.........na hora gritei para o marido:
- Amor, traz o termometro, eu acho que não estou legal...
ele:
- O que está acontecendo?
Eu contei e chegamos juntos a conclusão que eu devo estar sob o efeito de algum gás alucinógeno que está modificando meu DNA.

Se você está achando exagero, deixa eu contar para você a cena de uma segunda feira pela manhã, quando a filha se preparava para o Colégio e eu lia uma revista, ao levantar os olhos vi uma aranha marron tentando subir no braço dela e falei:
- Não se mexa!

Fiz um rolinho com a revista e comecei a bater em minha filha que claro não ficou parada, gritava - Pára! e eu gritava: - Não se mexa!!! Livrei ela da aranha, mas acho que ela vai precisar de terapia, a mãe tentou espancá-la, logo pela manhã sem nenhum motivo aparente. Quando o marido chegou para ver o que se tratava eu expliquei mais claro que os dois se esborracharam de rir da minha cara. Marido só pediu:
- Dá próxima vez explica o que é para depois fazer isso. 
Eu já me vi gritando:
-ARANHA!ARANHA! e espancando do mesmo jeito....kkk

Claro que isso é motivo de piadas constantes. Eu sei que sou assim, fina e delicada como um elefante, faço qualquer coisa para proteger os meus, até tentar espancá-los com uma revista....kkkk

Agora fala, é grave meu caso? Preciso procurar ajuda urgente? Ou as pessoas adquirem super poderes de matar insetos assim mesmo? Por vias da duvida estou me despedindo, vai que isso é sintoma grave, fui abduzida e inseriram algo em meu corpo que com o tempo fará com que eu me transforme em um ser evoluido de outro planeta ou dimensão........kkkk

Muita Luz e Paz
Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

13 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Adriana Candida Carneiro publicou o comentário número:

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
e eu ja estava aflita qdo li o titulo do post...

sao super poderes maternais... rsrs

patty publicou o comentário número:

Menina, vc me deu um susto!!!
Eu sou fina (aham)e delicada (aham) igualzinho a você, mas quando se trata de mosquito, eu já peguei com a pontinha dos dedos, igual àquele japonês do Karatê Kid, lembra?
Autodefesa, baby!
Nos outros eu tb aproveito e dou porrada!
Bjs.

Imac by Artes publicou o comentário número:

Eu também assustei no início!
Mas depois acalmei...Essas cenas são constantes por aqui,não erro uma.
Abraços minha querida! dias alegres e abençoados pra ti e os seus.

Deusa publicou o comentário número:

Vou te matar...vim correndo ver o que raio aconteceu...despedida nunca.jamais,posso não vir aqui assiduamente(não vou em ninguem assim)mas você e importante na nossa vida...danadinha.
Deusa

Sandra Mitsue publicou o comentário número:

Olá Adelaide...
Gostei do seu senso de humor narrando esse episódio ...Ficarei muito feliz com sua visita no Meu Cantinho....ótimo feriado!Descansando ou divertindo aproveita bem o carnaval.
Beijos!
San....

Bia Jubiart publicou o comentário número:

Rsrsrsrsrrssr, Ade pode evoluir neste planeta mesmo! Na medida do possível respeito os bichos e é incrível, eles respeitam o meu espaço, como vc sabe moro aproximadamente 60 metros da beira de um rio (bem grandinho), nesta época de chuva dá muita aranha caranguejeira saindo das tocas, vejo na rua, nas árvores e nunca matei, há 4 anos que moro aqui e nunca apareceu umazinha dentro de casa, acredite!

Cuidado! Deste jeito vc extermina a família rsrsrsrsrsr

Aproveite o feriadão in family, sem bichos!

Beijãooooooooooooooo

Josy publicou o comentário número:

Adelaide sua boba que susto vc deu, não se faz isso com os idosos viu kkkkkkkkk
Sua palhaça, mas me vejo no direito de te chamar de palhaça pois vc me assustou mesmo. Pronto, falei,xinguei e desabafei, agora desculpa viu? Não quis ser grossa hehehe
Só queria estar na sua frente agora, torcendo pra uma aranha pousar na sua bunda, pra te dar uns tapas kkkkkkkkkkk
Pois então tbém sou assim, aqui em casa, eu sou a caçadora de insetos (menos barata que morro de medo), mas onde os pernilongos, moscas, a aranhas pousam, quem tá atras leva porrada kkkkk Portanto ou nós somos loucas ou é normal mesmo. Nada grave. Bjocas

SHEYLA - DMULHERES publicou o comentário número:

Adelaide,
Não vou mentir, que o post parecia no inicio tão triste, falando de despedida , e coisa e tal, mas depois ao lê-lo inteiro, fiquei rindo demais.. kkkkk Acho q vc tem mais é que entrar nessa, e absorver todos esses sintomas transcendentais.. rsrs
Amei e já virei seguidora.Se puder conheço o meu.
Bjão, bom carnaval
Sheyla.

Neli Rodrigues publicou o comentário número:

Calma, minha amiga, vc deve estar se tornando um ser mais evoluído,kkk
Bjs♥

Palavras Vagabundas publicou o comentário número:

Eu não sou muito chegada a insetos, mas tendo exterminá-los na medida do possível, uma vez arranquei o jornal da mão do marido e sai batendo na cabeça dele por causa de uma aranha, depois do "escandalo" e do jornal despedaçado não consegui encontrar o cadáver da dita cuja, imagine a minha cara!
bjs e bom carnaval!
Jussara

Estela publicou o comentário número:

Oi Adelaide,
Ri muito com sua história e, me lembrei de algumas ações minhas, bem parecidas... sou capaz de quebrar a casa pra matar uma baratas.
Beijocas.



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias