Jumper - Filme e um desabafo

Eu sempre comentei que não amadureci, mas agora vou explicar melhor...minha mente funciona igual a de um adolescente viciado em games, que lê e assiste ficção cientifica.

Faz tempo (séculos, aproximadamente em 1980, começou) que  eu tenho a certeza que iremos nos deslocar (num futuro não tão distante) através do teletransporte. Teremos apenas que decidir para onde queremos ir e em segundos estaremos em nosso destino. Sempre comentei isso com pessoas proximas, que mesmo sem entenderem aceitam, ou melhor, não tentam me ridicularizar. 

Consigo conversar por horas, sobre todos os assuntos possiveis  com crianças, adolescentes ou adultos e acredito que é por essa facilidade mental que me "viro" bem em qualquer círculo.

Mas quando sai da capital em 2007 e fomos morar no interior algo aconteceu que me fez parar para pensar.

Um amigo de minha filha, foi buscá-la para um passeio, eu tentando ser simpática (enquanto minha filha se preparava)  puxei papo com o menino, falando sobre teletransporte, pois em Curitiba rendia horas de papo e imaginei que a maioria dominaria muito bem..................

gente... o menino ficou na dele, conversou comigo meio com  um pé atras e depois com minha filha ele falou:
- Tua mãe não é bem certa né?? Ela fala umas coisas que não existem.


Pausa para o riso......kkkkkkkkkkk

Em 2008 é lançado o filme "JUMPER" que é basicamente a teoria que eu acredito, colocada pela Fox Filmes de uma forma sensacionalista. Se o amiguinho da minha filha assistiu vai saber que eu estava aquém do momento e em sintonia com a industria cinematográfica.

Sinopse e detalhes

David Rice (Hayden Christensen) é um "jumper", alguém capaz de se teleportar para qualquer lugar do planeta que queira. Ele usa seus poderes para se divertir, até que um dia descobre que está sendo perseguido por uma organização secreta, que pretende matar todos os Jumpers. A partir de então David se une a outro jumper e passa a enfrentar uma guerra que já existe há milhares de anos. Tirei daqui


Então, esse filme me chamou a atenção só por ser baseado naquilo que sei em breve acontecerá....  

Mas, eu estou te falando sobre isso, porque eu vi uma chamada do filme Capitão América onde ele entra em uma capsula magrinho e sai poderoso, com um corpo desejado por homens e mulheres. Essa é outra teoria que eu sempre acreditei..... (Tá no meu caso seria para deixar mais magro, mais alto, mais definido - não para transformar em seres com Super poderes) kkkkk

E quando vi, falei:

-Assim não dá a industria cinematografica está usando toda a minha bagagem de conhecimentos e colocando em filmes, sem me dar os créditos!

E minha filha lascou:

- Também mãe!!! você fica falando nisso com todo mundo, aí teu conhecimento se propaga e chega lá, os caras se sentem donos da tua verdade....kkkkk

E o detalhe eles já fizeram isso em Matrix (levando o conhecimento por cabos acoplados em computador) e também em Wolverine (a mutação é algo que eu também sei que está acontecendo - provavelmente eu seja um ser mutante). 

Agora você que está lendo aí sabe mais ou menos como funciona a minha cabeça??? 

Sim!!! Eu não sei como iniciam as idéias, só sei que elas estão aí, e bem antes dos livros começarem com isso, mesmo nas fases de leituras clássicas ou épicas, sou do tipo que lê uma história que se passou em 1920 e tem pensamentos que serão colocados em um livro no ano de 2080.



Eu sei que tenho meus momentos de divagação que me distraem, e me fazem bem. E você divaga em que sentindo??? Apenas no nível real, fantasia romantica, ou desliza pelos campos cientificos??


Muita Luz e Paz
Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

10 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Vanessa Jéssica publicou o comentário número:

kkkk ri de mais desse seu post!!!!

Eu adorei esse filme, e sobre as suas teorias já pensou em escrever um livro??? Assim quando fizerem um filme com uma teoria sua, vc terá como provar que a ideia fui tua.

Sobre a divagação, acho que eu sou mais a fantasia romântica, dos sonhos e tal,a realidade de hoje em dia é muito parada, chata e sempre na mesmice e os campos científicos pra falar a verdade não se enquadram comigo pois sou uma eterna apaixonada srsr.


Bjus!!!! e amei esse post.

Adriana Balreira publicou o comentário número:

Adelaide,
Vc está se perdendo por aqui, tinha que estar escrevendo filmes para Holywood! Isso sim! Super antenada vc.
Eu não gosto muito de ficção cientifica, assisto. Tanto que já assisti Jumper e gostei. Mas não é o estilo do filme que me empolgo.
Beijos
adriana

Aaliyahrj publicou o comentário número:

Adorei esse filme!
Já pensou em escrever um livro, amiga?
Bjoks

Palavras Vagabundas publicou o comentário número:

Adelaide,
as ideias correm por aí e de repente alguém pega e usa, rs
Oamigo de sua filha era um pouquinho desatento teletransporte existe, no cinema, desde Star Trek (década de 60)! O cinema de ficção científica tem a mesma função que os livros de Julio Verne, nos preparar para as maravilhas que virão.
bjs
Jussara

Josy publicou o comentário número:

Adelaideeu amei esse filme pois sou louca por filmes de ficção cientifica e embora sejam de ficção, acredito que as coisas de fato podem exsitir um dia. Atualmente estou mais voltada para filmes que retratam o final do mundo, tipo 2012, Apocalipse etc, pois acredito que de fato as coisas estejam acontecendo, os efeitos especiais podem até ser exagerados, mas que um dia tudo isso pode acontecer ah isso pode!. Beijinhos

Neli Rodrigues publicou o comentário número:

Eu tb concordo com vc e acredito mto no que vc acredita.
Seria impensável há poucos anos coisas como telefone celular, cada um tendo sua própria linha, imagens vindas de Marte, internet e mtas outras coisas, acho que tudo é questão de tempo.
Vc já leu os livros "Operação Cavalo de Tróia" eu já li e adorei, são bem isso que vc escreveu.Bs

Ângela Santos publicou o comentário número:

Oi Adelaide!que felicidade ver seu recadinho!!!!amo ler suas postagens,leio pelo o meu email,me divirto com suas histórias rsrsrs,(as engraçadas)e sua mãe como está?e a filhona?
É amiga,temos que cuidar de tudo um pouco não é,obrigada pelo o carinho,beijos.

Ângela Santos publicou o comentário número:

Oi Adelaide!que felicidade ver seu recadinho!!!!amo ler suas postagens,leio pelo o meu email,me divirto com suas histórias rsrsrs,(as engraçadas)e sua mãe como está?e a filhona?
É amiga,temos que cuidar de tudo um pouco não é,obrigada pelo o carinho,beijos.

Mayara publicou o comentário número:

kkkkk eu não vi Jumper, só o trailer, achei que parecia bom, mas as críticas foram terríveis. Agora, com relação a essas teorias, eu tenho um monte, e concordo plenamente com essa da mutação, só não tive sabedoria de me manter em silêncio em uma aula de biologia, e as pessoas não foram tao delicadas quanto as que te cercam: riram até da minha cara rsrsrs

patty publicou o comentário número:

A minha mãe, que acabou de fazer 70 anos, está aguardando pelo teletransporte desde os anos 60! Esse menino é que está desinformado!
É isso o que dá, ler muito e conversar com gente inculta, né? Eu tenho muitas ideias, Adelaide.
Bjs.



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias