Quando algo dá errado...

Pode ser o dia perfeito, mas de uma hora para a outra acontece algo que pode por tudo a perder, a gota d'água, o grão de areia que faz transbordar a raiva, ou ódio, a mágoa que temos guardados em nosso coração.......
Agora vamos combinar tudo é uma questão de como você encara a situação. Vamos aos fatos?

Na segunda-feira marido teve uma reunião na capital por isso não foi para a "cidade nova", e na terça-feira decidimos (eu e a filha) acompanhá-lo até lá. Aproveitamos a visita para conhecer dois colégios e assim decidirmos em qual minha filha dará continuidade a seus estudos neste ano. Caminhamos por todo o Centro Histórico, suamos muito. Te contei que lá é litoral e é mais quente do que aqui onde moramos? Até que choveu, uma pancada gostosa e refrescante, sorte que foi após a visita aos colégios, quando já nos preparávamos para ir até a rodoviária pegar um ônibus e retornar a capital. O que gerou o seguinte diálogo:
- Por que tinha que chover justo hoje e agora, mãe?
- Porque estamos os três juntos na mesma cidade.

O ônibus da empresa em que viajávamos estava com problema na trava da porta do banheiro, e esta permanecia aberta, claro que isso não me incomodaria se eu não tivesse sentada na poltrona bem em frente a tal porta. Fechei uma, duas, três vezes, aí virei para minha filha e decidi que iria dormir. E assim foi.

Em Curitiba almoçamos no shopping, caminhamos muito até as 16h horas quando pegamos o ônibus metropolitano, exaustas e seguimos rumo ao lar, sonhando com um banho relaxante e com "fazer nada" em frente a televisão. No portão tentei acionar o controle e não surtiu o efeito esperado. Precisei de força para tirar o portão do trilho e minha filha entrar, pegar a caixa de ferramentas e então tratei de desamar o motor do mesmo para deixá-lo no manual. Antes de entrar peguei um papel que estava na caixa de luz e observei que a mesma foi cortada. 

Tá ligada que marido está em outra cidade e levou alguns comprovantes com ele para efetuar o pagamento. Lá vou eu ligar para ele e depois para a empresa, umas 3 vezes, até que religaram a luz. Detalhe que você precisa saber:
Aqui eles encaminham as contas para as residências com mais de 30 dias de antecedência e sempre se eu tenho dinheiro em mãos eu pago,  ou seja no dia 07 de janeiro pagamos a fatura que venceria no dia 01 de fevereiro. Nem preciso explicar mais, preciso?

Você deve estar se perguntando: 
Ficou espumando, raivosa esbravejando??
Não! Filha chegou pegou um livro, deitou no quarto para ler, ainda tínhamos a luz do sol. Eu fiz as ligações telefônicas e sentei com um livro, aguardando que tudo se resolvesse e assim pudesse tomar meu banho relaxante.

Dormi bem e vim aqui contar para você que tudo, preste atenção TUDO é uma forma de você encarar a situação. Eu poderia ter gritado com os atendentes da empresa de luz, e estaria até agora sem luz. Poderia ter sentado e chorado, afinal fui eu quem após um banho de chuva inesperada, viajou por 1 hora e meia olhando de relance para uma privada, tudo por falta da empresa de ônibus fazer uma manutenção mínima nestes "detalhes" tão preciosos. 
Mas eu optei por ser feliz
Por isso quando algo dá errado, não é por que Deus te odeia e quer te castigar. Também não é o mundo que está contra você. Quando algo dá errado precisa de cabeça fria para ser acertado. E a gente continua sendo feliz, apesar dos obstáculos. Ou por vencer os mesmos.


Muita Luz e Paz
Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

6 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Imac by Artes publicou o comentário número:

Olá amiga!
É isso aí... tudo depende da forma como encaramos, não adianta ficarmos com raiva. Legal seu depoimento!
Abraços! Uma linda tarde pra ti.

Josy publicou o comentário número:

Concordo com vc Adelaide, mesmo diante de tantas turbulências era o caso de vc ter perdido as estribeiras, porisso que ouço na tv tantas mortes bestas que poderiam ser evitadas se as pessoas pensassem mais antes e agissem depois, infelizmente hoje em dia é o contrário, matam pra depois perguntar. Nada como ser sensata, e usar a cabeça que por fim fez bem a vc mesma e sua familia. Adorei. Bjocas

Kellen Bittencourt publicou o comentário número:

Oiii Adelaide, tem dia que não é dia, sei bem como é, mas o importante é agir com serenidade, assim as coisas não ficam piores, a propósito não sabia que iam mudar de cidade! Sucesso! Bjooooss

Geh publicou o comentário número:

Reaprendo isso todo dia! Reaprendo que não existe perfeição, e que dias ruins são necessários para nossa sobrevivência. As vezes não entendemos, mais como dizem, "nada acontece por acaso, tudo tem uma razão". E vamos tirar lições da vida!!

bjus

Maitê Rodrigues publicou o comentário número:

Oi, Adelaide!!
Depois de muito tempo sem fazer minhas visitas aos blogs que sigo, estou aqui me atualizando com suas postagens. E que bom que me deparei com essa, pois há poucos instantes estava lendo um resumo que tinha feito de uma palestra do Augusto Cury, e que justamente fala da sabedoria sobre nossas decisões e que "podemos adoecer se não aprendermos a controlar o terreno das nossas emoções".
É isso; que bom que vc escolheu SER FELIZ. Sábia decisão!!
Desejo muitas alegrias e felicidades nesse tempo de mudanças na sua vida.
Abraços,
Maitê Rodrigues - www.ateliedamaite.blogspot.com



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias