A violência nos estádios de futebol.

O que impede que os ingressos, para assistir os jogos de futebol,  possam ser vendidos de forma pessoal e intransferível? 

Veja acabaria com o problema dos cambistas e automaticamente facilitaria a identificação em caso de qualquer sinistro ocorrido dentro do estádio. Ação simples. Apresentar documento de identificação na compra e na hora da entrada no estádio.

Sei que grande parte das mulheres não curte futebol. Eu já gostei muito mais do que gosto hoje. Sou aquelas que quando vão, torcem, gritam, xingam (um verdadeiro homem fanático por bola). Enfim, voltava para casa rouca de tanto me esguelar. Mas com a alma leve desestressada. Se o time ganhava era imensamente feliz por uma semana. Se perdia ficava na esperança do próximo jogo, para tudo se reverter.

Hoje só vejo pela TV. E nem me preocupo mais com as tabelas, ou rodadas.

Respeito os outros times e torço para os meus vencerem, assim como torço para os adversários perderem. Não faça essa cara! Para quem curte futebol, ver o rival perder equivale a meio gol. Se cair de divisão então... deixa as discussões mais calorosas. Podemos jogar na cara quantos titulos à mais o nosso time tem ou pelo menos quantas vezes não caiu...

Porém odeio ver violência. E se formos analisar os últimos acontecimentos, a culpa é do sistema judiciário/pena de nosso país. Alguns dos "identificados" já foram presos e estiveram encarcerados por vários meses, ou tem ficha policial. Estes cidadãos não deveriam ir aos estádios para achar "diversão" agredindo os outros. Precisamos decidir se nosso sistema é punitivo ou educativo. 

E se ao comprar o ingresso eles vinculassem ao documento de identificação, os cambistas (que são criminosos também) parariam de atuar. E a polícia poderia tranquilamente com as imagens gravadas localizar os envolvidos. 

Será que a federação de futebol nunca pensou nisso? 

Será que eles não querem isso?

Quando eles punem o time com a perda de mando de campo, eles apenas estão penalizando os torcedores bons. Os violentos são os que acompanham o time onde quer que ele vá. Não consigo entender essa forma de pensarem as "punições". Mas também não entendo muitas outras coisas.


Muita Luz e Paz

Abraços





Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

7 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Adriana Balreira publicou o comentário número:

Esse tema gera tanta mas tanta discussão né! Futebol, violência, estádios, cai ou não cai, prisões, judiciario...Eita que é muita coisa junta complexa! Aí só pode dar nisso mesmo, muita confusão. Eu acho que deveriam ter punições mais severas tanto para o clube quanto para o torcedor que brigou. Assim os clubes colocariam mais seguranças nos jogos com medo das punições. E essa sua ideia de venda casada com a identidade é uma boa também!
Beijos
Adriana

ღღღღ Cici ღღღღ publicou o comentário número:

Eu acho que eles não se importam realmente com isso, e sim com os "números", com o lucro da venda dos ingressos e de tudo mais... infelizmente!
Posso estar errada, mas é esta a ideia que me passa. Lamentável, pois fica aquela pergunta que não cala: e como será na Copa?
Estádio pra mim, só pra shows... hahaha! Claro, tenho o meu tome do coração, mas não vou ao estádio pra ver jogo, não!
Bjns
:)

Neli Rodrigues publicou o comentário número:

Ótima postagem.
Concordo com vc e estamos numa época tão delicada quando o assunto é futebol/segurança/organização.
Quero mto que as autoridades tomem uma providência, mas que seja sempre. A mentalidade tb tem que mudar, a sociedade tem que banir estes bandidos, pois é isto que eles são.
Torço demais para que nossa organização faça bonito na Copa de 2014, pois o que fizermos vai refletir para o bem ou para o mal com relação ao nosso País.
Bjs

Casa das Bonecas de Pano de Ipiabas publicou o comentário número:

Amiga eu passei a não gostar mais de jogos por esse motivo essa violência, enquanto os jogadores ganham milhões o povo fica brigando por isso tantas coisa para fazerem de melhor fazem merda dentro do campo não me convence de jeito nenhum um bando de desocupados ficarem brigando por esses jogos, e os jogadores é claro o que vi aquele jogador chorando foi a a coisa mais bonita que vi no resto tô fora passei pra desejar lindo Natal bjsssssssssssss

Fazendo arte publicou o comentário número:

Adelaide: tb já torci e acompanhei muito mais fervorosamente os jogos de futebol. Uma vez, ainda criança, fui ao estádio junto com meu tio, primos e um grande saco de pipoca. Bom tempos, em que crianças podiam frequentar jogos, em que o maior perigo era expandir o vocabulário de xigamentos... Nunca levaria o meu pequeno a um estádio! Esperamos que esta violência diminua. Afinal,a Copa vem aí, né? Bjos, Lu

Pepa publicou o comentário número:

Ih Adelaíde, a gente não entende um mundaréu de coisas né ??
Na minha humilde concepção é desse jeitinho que vc falou... não tem muita dificuldade... acaba o cambista, e também acho que essas torcidas uniformizadas deveriam ter um controle maior do clube, afinal o clube as mantém... e outra onde vai parar todo o dinheiro de multas e que tais ??
Não vai para melhoria de segurança nos estádios né ??

Vergonhoso e repugnante as cenas... dá medo do ser humano quando se junta...

Boa pegada... (eu nunca fui em estádio... Jamanta tem medinho, rsrsrssr)

Bjus 1000 linda

Sílvia publicou o comentário número:

Oi Adelaide.
Isso as vésperas de uma copa, com um país cheio de escândalos políticos, violência e tudo mais, nos deixa até envergonhada de ser brasileiro.
Bjs.
Silvia.



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias