Mamãe tá de olho - Alimentação infantil

Quando me descobri grávida tomei a seguinte decisão:
Vou ser uma pessoa saudável, e decidi que em casa teríamos tudo que faz bem, e aquelas coisas que gostamos ficariam para os momentos de desejo.Para satisfazê-lo sairíamos para comprar ou comer fora. Sempre aos domingos almoçávamos em um restaurante vegetariano. Mesmo com minha filha ainda bebê. E ela foi se acostumando ao ambiente e aos sabores. Agora ela tem 15 anos e esse prato de "pedreiro" aí é o meu...

Agora repara no dela......




Sei a quantidade está exagerada, mas vou te contar sinto orgulho ao ver minha filha se alimentando assim e isso não foi da noite para o dia. Foi um trabalho de formiguinha. Dia a dia, teve dias que a oposição era incrível mas eu resisti e com isso só ganhei. Nunca proibi nada, se ela tinha vontade de comer bolacha recheada eu explicava que nós poderíamos ir busca no mercado (3 quadras longe de casa) claro que por vezes valia a caminhada, em outras ela desistia. Até hoje se ela quer comer algo eu a convido a ir caminhando até o mercado, pois assim gastamos caloria, temos um momento mãe e filha e na maioria das vezes concordamos que o desejo não vale o esforço...rsrs E olha que sempre moramos relativamente próximos a um supermercado.

Mas não pense que não temos os dias (principalmente nas férias) que praticamos um "suicídio alimentar". Sim nós alugamos uns filmes, compramos pipoca de microondas, chocolate, ou fazemos brigadeiro e tomamos refrigerante, pois eu acredito que criança deve comer de forma consciente. 
Lembre o proibido é muito mais gostoso (ou pelo menos parece). 

Ensinei minha filha a ler rótulo e decidir o que ela quer, era até engraçado ver ela chegar na casa da vó e pedir água, e a vó tentar agradar oferecendo refrigerante e ela responder:
- Vó refrigerante faz mal. Eu quero água.

Hoje ela toma refrigerante com os amigos (mas sabe que tem um monte de sódio e açucares que estão ali escondidos - por isso normalmente esse dia é um ato isolado - não se repete) mas no geral ainda opta pela água ou suco natural. Não somos vegetarianos exclusivistas, somos situacionistas (não sei se existe essa palavra com este sentido...rsrs). Se a oferta de saladas, frutas e verduras for boa a gente dispensa a carne. Detalhe optamos por assados sempre. Não faço frituras em casa, se sentimos vontade saímos para comer.

Essa postagem é uma proposta que achei muito interessante, pois hoje os índices de obesidade são assustadores, eu não me preocupo com a estética. Me preocupo com a hipertensão, o colesterol, o diabetes, enfim com a saúde destes, que trazem no corpo vincados em seu DNA, a nossa herança genética agravada pelos hábitos errados que estamos colocando a eles como opção, ou prêmio. 

Ouvi do Dr. Alfredo Halpern no programa Bem Estar:
" DNA não é destino."
E eu sei que a gente pode e deve fazer com que a pré disposição genética não se cumpra. Basta que  consigamos nutrir nosso organismo de forma consciente. 

Essa é uma proposta de blogagem coletiva.

Mamãe tá de olho é uma blogagem coletiva organizada pelos blogs:
E apoio da mamãe Marcia Ferraz.

Mudança Parte II - Um dia antes...



Hoje o dia está sendo para viver intensamente a despedida. Alimentar a saudade e olharmos assim como a Pérola está fazendo e constatarmos que Sim nós fomos felizes aqui. Fizemos amigos, demos risadas, choramos de tanto rir, fizemos festas, churrascos e reunimos amigos e familiares. Enfim Vivemos cada momento plenamente.

O que fiz na semana:
- Cotação de empresas especializadas em mudanças, que ofereçam serviços, como desmontar e montar os móveis, embalar todos os itens com todo o cuidado. 
- De posse dos orçamentos descritos de maneira minunciosa, escolhi o melhor.

Hoje:
- Liguei para o Pet shop e solicitei que eles venham buscar a Pérola amanhã, para o banho e também para passar o dia (assim evitamos o estresse da mudança)
- Liguei para hotel fazendo reserva para pernoitarmos de quinta para sexta-feira
- Descongelei geladeira e estou limpando a mesma
- Fazendo uma mala para levar no carro (sempre tenho um pé atrás com mudanças, vai que some pega fogo ou etc....tá tem o seguro, mas até a gente ir comprar outras, dará muito trabalho)
- Embalei os livros para enviar a algumas amigas do facebook - levarei amanhã no correio.
- Separei um livro para cada um ler
- Coloquei o lixo na lixera externa
- Liguei para a TV por assinatura solicitando a transferência
- Liguei para a empresa de telefonia e internet também solicitando a transferência

Vou continuar meus afazeres e voltarei a postar aqui assim que eu tiver minha internet de volta. Não me abandone, vou contar para você tudo sobre essa minha nova etapa. Sim, será uma etapa cheia de coisas novas, pois estarei em uma cidade nova, com um emprego. Isso após 6 anos sem ter a carteira assinada. E a rotina ficará totalmente mudada.. 
Será que darei conta? 
Será que desistirei e vou refugiar-me em uma ilha? 
Ou será que continuarei sendo feliz, apesar dos pesares? 

Não percam as próximas cenas da minha vida real. Somente aqui neste blog vocêvê na íntegra, o dia a dia de uma mulher que largou tudo em 2007..... 

Emprego, amigos e família, para acompanhar o marido em uma aventura por várias cidades do Estado do Paraná (tá não é uma aventura tão grande, afinal o meu marido trabalha em uma profissão normal, não é caçador de vampiros ou qualquer outro monstro, mas quando se tem a vida organizada ou acha que tem, qualquer mudança é uma aventura). 

E só aqui você descobre como é sair de uma vida estressante de muito trabalho, para a vida tranquila e pacata de cidade de interior sendo esposa e mãe, sem enlouquecer (ok precisei tomar fluoxetina - pois no inicio entrei em depressão.............) E agora estava livre já a 5 anos.
Será que continuarei "limpa" por quanto tempo mais?
Como será o retorno desta pessoa ao mercado de trabalho?
Foi fácil?
Quantas ofertas de empregos eu recebi? 
Quantas eu aceitei? 
O que fazer naquele momento de indecisão, quando a vida chama você para mudar???

Eu sei e vou contar.......aqui em breve!

Muita Luz e Paz
Abraços

10 Passos para se amar



Louise Hay,extraído do livro "Criando uma Abordagem Positiva" Em vermelho você encontra minhas observações

1) Parem com toda a crítica

A crítica nunca muda coisa alguma. Recusem criticar-se. Aceitem-se exatamente como vocês são. Todos mudam. Quando vocês se criticam, suas mudanças são negativas. Quando se aprovam, suas mudanças são positivas. (demorei tanto para aprender isso e aceitar que posso fazer, "sou capaz" - tudo começava com um "acho que não vou conseguir" agora já chamo para mim a responsabilidade e penso "vou tentar")

2) Não se alarmem

Parem de se aterrorizar com seus pensamentos. Encontrem uma imagem mental que lhes dê prazer e imediatamente desviem os seus pensamentos para algo agradável. (sabe aquela segundo precioso que você vê seu filho rolar escada abaixo? também aprendi que eu era mais útil se fosse até lá observasse os estragos e se necessário levasse ao hospital sem pânico para não piorar a situação - tente é mágico - e vale para tudo, até para desastre natural)

3) Sejam gentis, bondosos e pacientes

Tratem-se com paciência, gentileza e bondade. Tratem-se como fariam com alguém a quem amassem. (sei que por várias vezes a vida nos testa e normalmente exigimos muito de nós mesmo, como se não tivéssemos a chance de errar, temos que ser perfeitos e ser humano perfeito (além de mim) não existe....rsrs)

4) Sejam gentis com sua mente

Odiar-se é somente odiar os seus próprios pensamentos. Mudem gentilmente os seus pensamentos para pensamentos mais amorosos. (pisar na bola é da natureza humana, perdoe-se, nutra amor pela pessoa mais importante da sua vida - você)

5)Elogiem-se

A autocrítica deprime o espírito interior. A exaltação o edifica. Afirmem a vocês mesmos como é apropriado o que estão fazendo com tudo. (você não imagina o quanto ter uma postura de amor próprio elevado faz diferença em sua vida - em mim isso é nato - deve ser culpa do signo de leão - posso estar acima do peso, cabelo estranho mas sempre me amei)

6) Apoiem-se

Aproximem-se dos amigos e permitam com que eles os ajudem. Ser forte é pedir por ajuda quando mais precisam. (já vi gente orgulhosa em demasia para pedir ao vizinho uma carona para levar o filho ao hospital - humildade é uma dádiva. E orgulho é pecado. Por isso saber a hora de pedir ajuda é fundamental. Somos auto suficientes até certo ponto, depois precisamos e muito do outro para continuar vivendo bem - ninguém é uma ilha)

7) Sejam amorosos com seus pontos negativos

Reconheçam que os criaram para satisfazer uma necessidade. Agora estão encontrando novas maneiras positivas de preencherem estas necessidades. Liberem os velhos padrões. (estou em recuperação do meu lado agressivo, as vezes tenho uma recaída peço perdão, e tento não fazer mais. Estou a 7 dias e 11h sem falar de maneira grosseira com ninguém - nessa hora todos falam: - Aleluia!!)

8)Cuidem do seu corpo

Aprendam sobre nutrição. O que o seu corpo necessita para ter a energia e a vitalidade ideal? Aprendam sobre exercícios. Estimem o templo em que vocês vivem. (me preocupo e muito com a nutrição do organismo, aqui come-se o que faz bem, para só depois poder comer o que gosta, não tenho em casa bolachas recheadas, refrigerantes e outras guloseimas - não é proibido, apenas evitado)

9) Trabalho do Espelho

Olhem dentro dos seus olhos freqüentemente. Expressem o sentido crescente do amor que sentem por vocês mesmos. Perdoem-se por tudo, enquanto se fitam no espelho. Uma vez ao dia digam "Eu amo você" para vocês mesmos no espelho. (ai gente... isso eu sempre fiz... sou narcisista, basta ver minha imagem que sempre elogio - tá nem sempre agora que estou gorda, vejo me deprimo. Mas na sequencia falo para a imagem: - Olha que com uma dieta e exercícios físicos e você ficará ainda mais bonita!)

10) Façam-no Agora

Não esperem até que vocês fiquem bem, percam peso ou recebam um novo emprego. Comecem agora, façam o melhor que puderem. (sabe ontem comprei uma bermuda bonita e uma blusa que me valorizam, não é por estar acima do peso que tenho que ficar com roupas apertadas ou enormes - uso protetor solar com cor, rímel e batom todos os dias - afinal pode ter um olheiro me observado para ser a próxima capa da VOGUE....rsrs)

Recebi por e-mail e achei pertinente trazer para partilhar com você.Tenho visto tanta coisa na vida virtual, tanta história de superação, e como eu adoro Louise Hay são ensinamentos bem pertinentes ao cotidiano. Pensei:
- Eu faço. E se uma amiga estiver precisando de um empurrãozinho, eis-lo aqui.


Muita Luz e Paz
Abraços

Esmalte e Unhas Decoradas - Nail Art

Já usei em minhas mãos assim


E assim


Mas foi por a minha manicure estar fazendo o curso e eu deixei ela se divertir com minhas mãos, mas não é o meu forte, prefiro unhas lisas e com cores fortes.

Hoje estou numa correria danada, mas não queria ficar fora da Blogagem Coletiva de Esmaltes que a Fernanda Reali nos proporciona aos sábados . É viciante e maravilhoso ver o que uma coisa tão simples como fazer as unhas tras de bom a vida de nós mulheres. 

Então mesmo estando com unhas com esmalte Por do Sol da Impala e sem arte, trouxe para você fotos de outras participações minhas com a unha dentro da proposta da semana. Me conta você gosta de Unhas decoradas?


Muita Luz e Paz

Abraços



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias