Certezas ou medos?

Tem algo me incomodando muito, vou dividir com você. 
Sabe quando alguém posta na rede social que está com uma doença grave ou tem algum familiar enfermo, internado ou em cirurgia, ela o faz para desabafar, dividir o peso... (assim penso eu). 

Mas tenho visto que é comum comentários explicando que estão em oração, que a pessoa não perca a esperança (até aqui tudo bem), que Deus vai curar.

Entendo que a pessoa queira confortar, mas depois se a pessoa morre é como se todos os comentários fossem mentirosos, se a pessoa tem tanto "poder" ao ponto de afirmar a cura, qual o motivo de não ter se cumprido?

Se você é meu amigo e passou por isso, verá que nos meus comentários sempre falo que pedirei a Deus que ilumine a família, o doente e toda a equipe médica.

Eu creio no poder da fé, mas também sei que nada acontece por acaso. Temos que ter a esperança que somos amados e que aquilo que vivemos é uma lição a ser aprendida. 

Sim, eu penso na forma direta, não tenho medo da morte e sei que ela não virá antes do tempo para mim ou para qualquer um dos meus. Então em minhas orações sempre clamo para que seja feita a "vontade de Deus" da maneira mais rápida e indolor possível (que consigamos aprender a lição sem que a "aula" precise se perpetuar por meses, anos ou décadas).

Tenho aproveitado bem a vida ao lado dos meus, amo-os muito e sei que um dia teremos que nos despedir, não quero ter remorsos. Sei que sentirei muitas saudades, independente de em qual plano eu esteja. Não sei se serei eu a partir, ou a ficar. A única certeza que tenho é que os momentos vividos são o que realmente vale muito a pena. Vivo para ser feliz e amada.

Eu sei que você pensa ou evita pensar sobre o assunto. Se desejar dividir seus medos ou certezas, saiba estou aqui para trocar experiências.

Muita Luz e Paz
Abraços

Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

4 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Juni Biscuit publicou o comentário número:

Oi Adelaide, eu penso exatamente como você e me incomodo ao ver esses tipos de comentários, já aconteceu comigo quando minha sogra estava doente, teve um avc, coisas do tipo "já está curada", "já deu tudo certo, ela vai voltar"...e ela se foi, apenas um pouco antes de nós!
Também sou adepta de pedir que seja feita a vontade de Deus e aconteça o que acontecer, Deus estará ao lado da família, mas nem todo mundo está preparado para ler um comentário deste tipo e infelizmente também já fui mal interpretada por isso!
Beijos, tenha uma semana produtiva.

Jô Turquezza publicou o comentário número:

Sabe que isso me incomoda também?
Mando energias positivas pelo meu pensamento e também digo que Deus fará o que seja melhor para a pessoa.
Iludir não é legal.
Tenho fé, acredito em milagres, mas se não acontecer ........
Boa semana.
joturquezzamundial
Beijos.

Jussara Neves Rezende publicou o comentário número:

Acho que vc está corretíssima, Adelaide. Creio que precisamos pedir que se cumpra a vontade de Deus e que Ele nos conforte, seja qual for a circunstância. Essa situação a que vc se referiu realmente existe e é muito apelativa. As pessoas agem como se mandassem em Deus. Eu não concordo.
Abraço,
Jussara - minasdemim

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) publicou o comentário número:

Oiii Adelaide, eu acho muito complicado postar algum comentário nestas postagens, costumo desejar força e melhoras quando elas são possíveis, tbém sou como vc lido com a morte de forma prática mas acho que é só quando não está ligada diretamente a um ente de primeiro grau meu, acho que se for filho ou marido minha praticidade irá por água abaixo rss enfim! Abraçosss



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias