Eu e minha boca grande

Preciso contar para você que não estou com o impeto inicial (do início do ano), sinto-me cansada e o exercício de minha paciência não anda rendendo frutos muito positivos.
Se antes eu não conseguia me concentrar devido a problemas particulares....
Depois das férias, de aula, ando com tolerância zero, acabou minha finesse e de uma hora para outra eu comecei a não conseguir segurar as palavras. 
Se alguém pergunta algo eu.........
respondo de pronto, com minha delicadeza característica e meu tom de voz incontestável. 
Eu sei que tinha prometido ouvir muito mais (em todos os setores da minha vida, não só na faculdade), só que as vezes é TÃO dificil 
não pensar 
não emitir opinião sobre um assunto............ 
Para conseguir me silenciar, opto por me alienar em meus pensamentos, 
resultado é que as pessoas falam comigo e acham  não as escuto, 
aí passo por mal educada 
essa por enquanto, é a melhor opção, antes que eu tenha problemas.....
Tem gente que não sabe o quão privilegiada é em receber meu silêncio...
Agora, passado os primeiros desastres, já estou conseguindo raciocinar melhor e 
me propus a manifestar-me apenas se tiver como enriquecer o momento.

Você deve estar sorrindo e se perguntando....
Será que ela consegue???


kkkkkkkkk

Tá eu também não acredito que vou conseguir. 
Mas, eu vou tentar. 
Não vou conseguir o tempo todo, mas na maioria do tempo eu conseguirei.
Estou me sentindo uma adolescente rebelde, mas não sou! 
Não sou Rebelde, adolescente eu ainda sou. 
Tá eu assumo não sou adolescente...........
me deixa ser rebelde, vai... 

Muita Luz e Paz!

Abraços




Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

8 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Jô Turquezza publicou o comentário número:

Rebeldia? Sim! Adolescência? Sim.
Não temos tanta paciência com determinadas coisas neste mundo de hoje! Pronto falei rsrsrsr
Beijos.

Luzia Lira Pedagoga publicou o comentário número:

Gostei do seu texto. Foi de grande valia pra mim hoje. Preciso fechar a boca.E vou treinar para isso.


bjos Luzia

Josy publicou o comentário número:

Muito interessante seu texto Adelaide, me faz pensar que também preciso me policiar mais, embora existem ocasiões que não dá para se manter calada de forma alguma. Ainda penso que a minha educação depende do outro, se tomo, também leva kkkk. Beijinhos

Jussara Neves Rezende publicou o comentário número:

É que o mundo anda mesmo irritante, Adelaide. Eu tb me prometi (no início do ano) falar menos e ouvir mais. Cumpri? Em parte. Mas tenho insistido.
Abraço!

Lia Gloria publicou o comentário número:

Hahahah essa é boa!
Eu sou famosa em falar muito, e me ferrar imediatamente depois rs
Eu nem prometo mais, tentar me conter.
Pois tente, Adelaide. E me conte o resultado. Vais me inspirar.
Teus textos são ótimos. Gargalhei alto aqui!

bjs

carla tolfo publicou o comentário número:

Sabe de uma coisa? Adorei seu blog, muito verdadeiro e bonito! Vou te seguir!
Pronto, já estou seguindo!!!!

Patricia Helena publicou o comentário número:

Lembra daquela música antiga? "silence is golden". Eu sempre consigo manter o silêncio. Conte até 3, ou até 20, é melhor do que entrar numa discussão. Bjs.



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias