Contos de fadas...

Ao assistir Malévola, com a brilhante Angelina Jolie, lembrei-me dos contos de fadas que contei para minha filha. Vou deixar aqui registrado a MINHA versão da Rapunzel.

Era uma vez um casal, muito pobre e a mulher estava grávida. Eles eram vizinhos de uma bruxa que tinha uma horta linda repleta de legumes e frutas. Uma linda noite a mulher grávida sentiu desejo de comer repolho do quintal de sua vizinha. O marido, sabendo a fama de bruxa da vizinha, pediu a esposa que ficasse em casa em silêncio que ele iria providenciar. Então ele saiu de casa e esgueirando-se pela cerca ele pula para o quintal da vizinha, colhe o repolho e leva para satisfazer o desejo da esposa grávida. A bruxa observa, noite após noite o vizinho lhe roubar repolhos. Um belo dia ela o segue e ao chegar na casa deles, bate a porta. O marido a atende e ela fala que sabe dos roubos e explica ao casal que sempre desejou ter um filho, e como eles não respeitam os outros e roubam não podem educar uma criança. Por isso, ao nascer a criança deverá ser entregue a ela que irá criá-la com muito zelo.
Sofrendo muito, aos prantos o casal entrega seu bebê para a bruxa e esta o acolhe e cria com muito amor, sem deixar faltar nada. Mas sabendo que alguém poderia roubá-la ela decide proteger a Rapunzel dos males do mundo, e para isso a guarda em um torre enorme, repleta de móveis bonitos, boa alimentação, livros.....
Mas a Rapunzel ficou triste, pois ela queria sair, ver outras pessoas. E a Bruxa tinha medo das pessoas que não respeitavam as leis, que roubavam, e só pensava em proteger a sua amada filha. Porém um belo dia apareceu um rapaz que ignorando a experiência da Bruxa com os vizinhos ladrões, achou que a torre era uma forma de punição e decidiu "salvar" a bela jovem. Mas, aconteceu uma fatalidade, ao descer da torre o príncipe caiu num espinho e perdeu o dom da visão. Então a Bruxa entendeu que a bela jovem deveria ficar livre, que o amor e atenção que ela lhe dedicou seriam suficientes para que ela fosse feliz.

Questionamentos:
- Mãe e se eles fossem pedir, será que a Bruxa dava?
- Nunca saberemos pois eles optaram por fazer o que era errado.

- É mas eles não tinham dinheiro para comprar...
- Sim filha, mas isso não justifica o erro



Você tem alguma versão de história famosa?

Eu não tive grana para comprar os livros nos primeiros anos de minha filha, só quando ela já estava com 4 anos (mais ou menos) por isso a maioria das histórias eram versão totalmente adaptada. Detalhe importante: Eu sempre contei a versão da Disney e só depois contava a minha versão, afinal não queria criar um ser alienado...rsr   As vezes acho que obtive sucesso. Não obtive sucesso. Obtive sucesso. Obtive sucesso....



Muita Luz e Paz

Abraços


P.s.: Isso tudo para dizer que amei o filme Malévola. Assista se puder. E uma versão nova, fofa!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Adriana Balreira publicou o comentário número:

Adelaide,
Adorei a sua versão na história da Rapunzel. eu escutava muito aqueles LPs coloridos de historinhas infantis. Adorava a da baratinha que se casava com o Sr. Ratão! rsrs
Beijos
Adriana



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias