Da horta para a mesa...


Eis que surge naturalmente sem ninguém "plantar" literalmente,
 apenas coloquei cascas e sementes,
em um espaço junto ao muro,
acomodei madeira e tijolo para formar "tipo" uma caixa,
 esse tipo de "compostagem" não tem muita técnica,
 apenas sigo o rito de largar lá cascas e sementes,
 a grama cortada da quinzena, e
uma vez por quinzena, revira tudo 
e eis que a natureza me retribui 
com esses maravilhosos frutos.
 E de onde saíram esses dois tomates, 
tem outros verdinhos para minha felicidade.

Escolho feijão e aqueles com furo ou defeito coloco
 junto com as cascas, para compostagem,
 e eis que no mês passado
a caixa ficou repleta de pés de feijão, 
5 para ser mais exata, a caixa é pequena....risos
 rendeu além de algumas vagens refogadinhas, 
aproximadamente umas 30 gramas,
mais esse punhado de feijão preto, verde.
Pensei o que fazer, e decidi comer o feijão no almoço mesmo. Então, fiz um "baião de dois", à minha moda.
Foi assim que um punhado de feijão que descasquei,
 cozinhou por 10 minutos, e ficou muito macio,
refoguei cebola, alho, coloquei arroz e cozinhei,
misturei o feijão, e uns pedaços de azeitonas verdes,
comemos acompanhado
de salada de tomates e manjericão orgânicos.

Essa foi a graça da semana,
afinal colher aquilo que se espalha é algo mágico. 
E comer algo que sabemos de onde vem
é um privilégio de poucos

Muita Luz e Paz!
Abraços


Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

1 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

✿ chica publicou o comentário número:

Que coisa boa ver nascer e surgir belezas assim! Maravilhosa colheita! bjs, lindo fds! chica



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias