Sobre resistência....



Não sei dizer quem é mais forte,
se a árvore que penetrou o muro,
ou o muro que resistiu sem cair....
Quando olhei a primeira vez achei lindo,
mágico, 
era uma vida brotando na aridez do concreto....
Hoje olho e penso que talvez,
só talvez, não seja consensual,
e talvez os arroubos 
dessa arvore persistente,
tenham aberto caminho à força,
roubando a tranquilidade do muro,
obrigando-o a ceder....
Tenho me sentido assim ultimamente
as vezes sou arvore
as vezes sou muro
as vezes invado
noutras sou invadida
Em momento algum
sou única
sempre sou mais do
que apenas aquilo que se vê
meu intimo está
igual a essa foto....

Tenho resistido igual ao muro....
e tenho sido persistente tal qual a arvore....rsrs

Muita Luz e Paz!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

5 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Juni publicou o comentário número:

Oi Adelaide, tenho sido como o muro... insistentemente invadida e sinto-me no limite, prestes a desmoronar.
Beijos!!!

Liliane de Paula publicou o comentário número:

Adelaide, no filme que comentei no blog, o personagem era indiano e lá a religião é ou deve ser outra.
Mas, não importa muito qual seja.
Comentei do fanatismo religioso dele.
E eu sou ateia.

Liliane de Paula publicou o comentário número:

Oi Adelaide, não achei o comentário que fiz anteriormente.
Mas foi nessa postagem que tinha a árvore.

Roselia Bezerra publicou o comentário número:

Boa Noite, querida Adelaide!
A resitência é típica dos fortes de espírito...
Felizes Festas!
Bjm muito fraterno e festivo

Tays Rocha publicou o comentário número:

Resistência e persistência, em equilíbrio as duas são necessárias... Tenho sido também, um pouco de cada ;) Bjs ♥



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias