Doar ou vender?

Pessoas queridas vamos falar do básico, 
Eu vou mudar (contei no post anterior) 
O espaço não comporta minha "herança material"
Por isso decidi te contar como vou fazer a venda de tudo
E o motivo de optar pela venda e não doação 

Em uma outra cidade que precisei passar pelo mesmo processo
Você pode saber mais clicando aqui


Quando comentei com uma amiga que queria doar minhas coisas
Na hora ela usou um argumento que me fez rever minha opção.
Nas palavras dela:

"Se você falar para todo mundo que está doando, pessoas que nem precisam tanto vão aparecer para pegar e ficar com dois disso ou daquilo, se você fala que vai vender e colocar um preço baixo, apenas aqueles que realmente precisam vem comprar e vão adquirir aquilo que precisam por um preço que podem pagar, vão valorizar".


Foi assim que surgiu a ideia de vender minhas coisas
Não, eu não vendo pelo preço que encontramos 
Por aí nos sites específicos para isso

Faço uma lista que chamo de "INVENTÁRIO"
Coloco valores e divulgo apenas aos conhecidos e vizinhos
Assim minhas coisas vão ganhando um lar.

Para ter uma ideia é possível adquirir 
jarras plasticas a 1 real, 
forma para pizza a 3 reais,
batedeira por 10 reais, 
copos por centavos....

Enfim é um Bazar não uma loja
E a venda é uma forma de desapego

Nessa semana entregarei as bikes
Batedeira, liquidificador e os pratos fundos

As camas só entregarei no ultimo dia
A quantidade de coisas para venda é grande 
Mas a quantidade de doação é maior ainda

Ah, esqueci de contar, tem coisas que são separadas
e vão direto para a doação, mas daí são coisas que 
Se ficarem paradas ou expostas 
Não vão quebrar ou se deteriorar.
O que ninguém precisa, ou não está bom para a doação
Será posto para descarte correto.

Em tempo, sempre que possível eu contribuo
com doações, só doo aquilo que eu usaria, 
Ou estou usando.
O dinheiro dos bazares normalmente
são transformados em doações
 de materiais de higiene.


Muita Luz e Paz!
Abraços
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 pessoas me fizeram feliz, falta só você:

Dalva Rodrigues publicou o comentário número:

Oi Adelaide! Qualquer coisa nessa vida tem vários ângulos e cada caso é um caso e sempre haverá julgamento vindo de cada angulo diferente do nosso. O importante é os objetos fluírem, terem um uma utilidade na vida de alguém.
Boa mudança, é sempre uma correria, mexe na rotina, mas no fim vale a pena.
Abraço!

✿ chica publicou o comentário número:

Imagino a confusão! Uma confusão! E essa dúvida é algo a pensar...Eu sempre apenas doei..Nunca tentei vender ! Que tenhas um lindo fds em meio à mudança e depois tuuuuudo se arranja! bjs, chica



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias