A caçula


Ela chegou, eu tinha apenas 4 anos de idade e perdi o colo, deixei de ser o bb da família, e é claro....adoeci. Então o pediatra "deu" o bb para mim, e eu passei a ser responsável por ela, no início apenas figurativamente, mas aos 7 anos minha mãe teve que começar a trabalhar fora, eu  cuidava da casa e de minha irmã caçula. Lembro como se fosse hoje que quando nós brigavámos ela chorava e falava assim:
- Você não é minha mãe!
- O "Doutor" deu você para mim. Eu respondia.
Quando eu queria brincar com minhas amigas e não queria que ela fosse junto, ela chorava e dizia:
- Mas o "Doutor" deu eu pra você. ..........fazer o que/Contra fatos não há argumentos.
Eu a levava para a escola, acompanhava ela em tudo, a família toda a protegeu sempre, da forma que pode.
Embora protegida, minha irmã já demonstrou  ser uma mulher forte pois já resistiu a muitas "rasteiras" que a vida lhe deu. É o tipo de pessoa que sofre as dores do mundo. Se alguem começa a contar alguma passagem dificil, ela vive aquela dor. Ama sem limites e se entrega por vezes até demais. Sua memória é previlegiada, lembra detalhes, reconhece músicas nos primeiros acordes, ou quando eu tento cantar sem lembrar a letra e nem o ritmo....consegue contar estórias com ricos detalhes, e transformar uma trajedia grega em uma comédia.

Tem um defeito horrivel, acha que pode consertar o mundo e todas as pessoas que estão nele, por isso sofre. Mas isso faz parte da sua evolução, existirá um momento em que ela verá que cada um tem que trilhar o "seu" caminho, e que a nossa ajuda só será válida se o outro assim o quizer. Nesse dia, sei que ela será plenamente feliz.

O momento em que ela na está hoje, sendo mãe de uma menina linda (minha afilhada) é maravilhoso, fico me segurando para não ficar falando (faça assim, faça assado - como toda avó faz, e acho que basta 2 avós ela não precisa de mais uma), tá eu sei que a hora em que ela ler vai dizer, mais do que você já faz??.....sim, mais do que já faço, pois sei que ser mãe também é um aprendizado, e ela agora está caminhando por este caminho árduo. E eu estou orgulhosa de ver como ela está se superando a cada dia. Ela também é uma arteira, faz lindos trabalhos em madeira, um dia eu faço um post só com os trabalhos dela, para você conhecer.
Essa música eu acho que pode descrever um pouco o doce que é a minha irma caçula, linda.



É Preciso Saber Viver ((Titãs))

Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco

Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer

É preciso saber viver
Toda pedra do caminho
Você pode retirar

Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher

É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver

Saber viver


Tenha uma ótima terça feira, e até amanhã.
Grande abraço


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias