Hoje, uma manhã fora do comum, afinal marido está fazendo curso, e eu decido organizar meu dia de forma a ter mais tempo livre com minha filha.

Ligo a televisão para passar roupas ao som de Ana Maria Braga e o programa Bem Estar (sim eu tinha muuuuuita roupa para passar), e começo a execução quando duas notícias me chamam a atenção um pai que espanca os filhos e é solto após pagar fiança de R$ 1.000,00 e um padrasto que está foragido após deixar um bebê no hospital que faleceu em seguida vítima de maus tratos.

Gente eu sou alguém, que qualquer pessoa que conviva comigo pessoalmente, tem certeza que eu sou capaz de sair metralhando ou espancando os outros na primeira contrariedade. Motivo, eu tenho uma entonação de voz que parece que estou brigando, vivo em constante controle, e sempre deixo bem claro NÃO ME PROVOQUE, você não sabe do que sou capaz - pra falar a verdade nem eu. E, sendo esse ser que "parece" tão violento, nunca precisei bater em minha filha. Não consigo entender que um adulto acredite que "surrar" educa, sou contra até a mais leve das palmadas.
  • No primeiro caso a mãe de 7 filhos fugiu depois de muitas surras, deixando os 3 filhos mais velhos com os avós maternos e os 4 menores com o pai e os avós paternos, e ninguém fez nada para impedir as surras, alegando que o pai estava apenas "educando" os filhos.
  • No segundo a mãe chora dizendo que não sabia, e implora por justiça, mas nos exames perceberam marcas de machucados anteriores. Será que ela não dava banho na filha, nunca reparou nos sinais?
Sei que existe projeto de lei contra a palmada, mas não creio que precisemos de uma lei para coibir este ato, precisamos sim que se façam cumprir as já existentes, onde uma pessoa presa em flagrante delito não possa simplesmente sair após o pagamento de valor torpe.

Precisamos educar nossos adultos, para que isso não aconteça mais. Defendo a esterilização em massa de pessoas que tenham 01 ou mais filhos e não tenham condição psicológica/emocional para educa-los.

Sim o primeiro pai tinha várias passagens pela policia por excesso de violência. O Estado já deveria ter esterilizado este elemento. Tantas pessoa querendo amar. E tantos desperdiçando o amor que poderiam dar e receber.....

Perdão pelo desabafo, mas tem dias que não consigo "engolir" determinados acontecimentos da vida... Meu sonho?? Um mundo onde as lágrimas sejam de emoção, as tristezas sejam por não ter conseguido o ponto certo da calda de açúcar, o medo seja de não passar no vestibular e os amores sejam todos correspondidos....(que o Gerard Burtle não nos ouça pois meu amor por ele é só platônico...kkkkkkkkkk)

Muita Luz e Paz
Abraços


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias