Almoço que é batata

Eu e minha filha sozinhas para o almoço na quinta-ferira, perguntei o que ela queria e ela respondeu:
- Aquela batata assada com patê de atum, que você faz.


As batatas eram pequenas, fiz duas para cada. Lavei bem e fervi por 3 minutos, cortei fatias largas sem ir até o final, coloquei em uma forma e reguei com azeite de oliva, salpiquei sal. Assei em forno 180º até dourar.
Abri uma lata de atum, misturei com duas colheres de requeijão.


Servi com uma salada de folhas, que eu esqueci de fotografar.

Enquanto comíamos a minha filha fez a seguinte observação.

- Sabe o que gosto neste prato? É o tipo de comida, que eu imagino, a gente pode servir em um jantar, quando estiver morando sozinha, sem fazer feio. É só decorar bem o prato que vai marcar presença....

- É filha mas beijar com gosto de atum não é tão gostoso....

- E você tem que estragar tudo mãe! Eu não estava fando disso só de um jantar com "algum" convidado.

E daí me conta você tem alguma receita assim que é batata! Digo, rápida é fácil? Se tem e fez post deixa o link no comentário para eu ir copiar, digo reproduzir aqui, na minha cozinha experimental...rsrs Adoro comida assim, de quem mora sozinho. Ou seja que possa ser facilmente feito para uma ou duas pessoas, sem grandes preparações e com poucos ingredientes..Mas com um detalhe...Que fique delicioso...rsrs

A primeira vez que vi esta Batata (similar eu dei o meu toque pessoal) foi no blog Pinto mas não bordo da Rita. E de lá para cá, já fiz várias vezes. Quer ver qual a diferença? Clica aqui você confere a Batata Costelinha.

Muita Luz e Paz
Abraços


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias