Você é flexível como o bambu?



Dizem os sábios que devemos ser como o bambu, que perante os ventos fortes (adversidades) se curvam para não se quebrar. E a maioria de nós somos como exemplares rígidos, ou pelo menos parecemos ser. Exemplares estes, que ao enfrentarem a força do vento, são arrebatados, jogados ao chão e ainda assim alguns agonizam e morrem. Enquanto outros resistem e se transformam em peças únicas, talhadas com a perfeição do inesperado. Contrariando a tudo e a todos, permanecem vivos e podem ser considerados exemplos.
Não sei você, mas eu demorei para aprender a ser bambu.
Hoje me sinto igual a esse exemplar da foto, fotografei no final de semana aqui na cidade, estou toda "moldada" pelas agruras da vida. 

E assim como a foto, me sinto transformada pela melhor professora de todas, "A VIDA".
Engana-se se pensa que só sorrio e agradeço. 
Não, eu por vezes choro, questiono, para só depois de alma limpa pelas lagrimas que derramei, aceitar e, quem sabe agradecer.
O AMOR é o melhor de todos os remédios, e o melhor de todos os professores. 
Mas nos recusamos a estudar com ele, e quando temos nossas entranhas invadidas pela dor aprendemos rapidinho.

Eu sei que quero levar a vida com muita brisa e poucos ventos fortes.  Minha estrutura é mais maleável atualmente e posso falar a plenos pulmões que sou feliz. E desejo que você e todos que estão a minha volta sejam também.

Tenha um ótimo dia
Muita Luz e Paz

Abraços


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias