Bom tom....





Sou dessas que não pode ver um livro que já tem que manusear
Se for de uma área de meu interesse então.... consigo ver ao longe....
Tudo isso para dizer que não importa por qual continente esteja
Eu sempre estou comigo
Não consigo me libertar de mim e daquilo que sempre tive curiosidade:

Como a sociedade conseguiu manter as mulheres tão críticas
presas a uma "Ideia de comportamento correto feminino"?

É assim que me atraio por livros escritos sempre sobre o mesmo "TEMA"
Regras de comportamento para as MULHERES

Precisamos entender que isso é uma forma de manipulação.

Primeiro questionamento:
Sim, a vida em sociedade exige que algumas regras sejam seguidas, mas porque isso só é ensinado e cobrado das mulheres?

O primeiro livro do estilo foi escrito por Erasmo de Rotterdam (Desidério Erasmo) "A civilidade pueril (dos meninos)" em 1530, para orientar os nobres a se comportarem de forma a distanciarem-se da barbarie. E veja você, na época os leitores eram homens, os cidadãos eram homens, a mulher e as crianças não tinham direitos e não eram reconhecidos dentro da sociedade civil, não "conviviam"

E a coisa foi avançando liberdades fomos conquistando, hoje somos cidadãs, temos direito a voto, divorcio, guarda dos filhos, administrar nossa herança (caso receba alguma), trabalhar e administrar nosso dinheiro, ter imóvel, carro, dirigir.

Mas nos cobramos muito, talvez você pense que falo apenas de sentar de pernas cruzadas e sem mostrar as calcinhas.... mas não!!!
Não se trata disso apenas....
Os livros de etiqueta e regras sociais decidem que são "obrigações femininas, desde a educação dos filhos, a manutenção da casa, administração do dinheiro, cuidados da saude de todos os membros da familia, ela vai de empregada, motorista, governanta, enfermeira, diretora, decoradora até aduladora.... 

Sim, pois além de fazer tudo as regras de alguns desses livros que li, determinam que devemos estar limpas, cheirosas e felizes para agradar os maridos.

Sempre tive a inquietação de entender porque algumas amigas, colegas ou apenas conhecidas e desconhecidas também, se cobram tanto.

Por isso investigo o tema, e observo cada uma das mulheres com quem convivo,percebo o quanto essas regras as fazem sofrer.

Eu sei e vou te contar que não são necessárias muitas regras de comportamento, bastaria uma "RESPEITO ao outro"

Segundo questionamento:
Me conta você acredita que é de "bom tom" não existir livros de comportamento masculino?
Ensinando por exemplo que precisamos ser respeitadas....
Ensinando que elogios não devem ser gritados na rua, nem sussurrados a desconhecidas
Ensinando que tocar em alguém é algo que precisa de consentimento
Ensinando aos que estão no poder que EDUCAÇÃO é o primeiro pilar de uma nação....


Num periodo de tanto ataque a educação e ao principio de civilidade, deixo para vocês esse trecho de Erasmo para reflexão....

"A arte de instruir crianças consta de diversas etapas. A primeira e a principal consiste em fazer com que o espírito ainda tenro receba as sementes da piedade; a segunda, que tome amor pelas belas artes e as aprenda bem; a terceira que seja iniciada nos deveres da vida; a quarta, que se habitue, desde cedo, com as regras da civilidade." (ERASMO, 1999, p. 10).



Muita Luz e Paz

Abraços



Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias